O time de Enderson (por Ernesto Xavier)

Fluminense-Corinthians-Paulo-Sergio-LANCEPress_LANIMA20150524_0143_4

A reestreia de Enderson Moreira no Fluminense deixou no ar que ao menos com vontade este time vai jogar durante o campeonato.

Comparando com a atuação da semana passada diante do Atlético, vimos uma equipe que brigava pelas bolas, marcava no campo do adversário e tentava jogadas de linha de fundo. Não é e não será um time brilhante, porém pode chegar a ter desenho tático definido.

Me veio à mente a palavra “boicote”, pois a mudança de atitude do time do último jogo para este foi gritante. Sabemos quem manda no Fluminense hoje e quando algo não é do seu agrado, o grupo costuma acompanhá-lo. Isto não é uma afirmação, é apenas uma ideia que me ocorreu.

O jogo deste domingo começou promissor com jogada de perigo de Gérson, que chutou prensado para a defesa segura de Cássio. O goleiro corintiano estava em tarde de gala. Interceptou praticamente todos os cruzamentos feitos em sua área e quando não o fez, Jean furou e Wagner também não conseguiu concluir. Aos 40 da primeira etapa ainda tivemos uma excelente chance em chute de esquerda de Jean, com rebote de Cássio para outro chute de Vinícius que beijou a trave. O Corinthians pouco ameaçou nossa meta.

O início do segundo tempo seguiu o final do primeiro. Fluminense melhor e urubus paulistas à espera de um contra-ataque. Gérson recebeu no bico na grande área pela direita, cortou para dentro e chutou. Cássio espalmou e a bola sobrou limpa para Fred, que concluiu em cima do goleiro, que defendeu com as pernas. A partir daí o Fluminense cansou e abriu espaço para jogadas adversárias, principalmente nas costas do lateral direito Renato. Em vacilo de Gum, que perdeu a bola para Petrus, quase tomamos um gol. A sorte estava ao nosso lado, porque Guerrero perdeu a jogada com o gol vazio, chutando bisonhamente para fora. Cavalieri ainda fez bela defesa em chute à longa distância.

A entrada de Lucas Gomes nada trouxe ao time. Wellington Silva substituiu o contundido Renato e melhorou o setor. Magno Alves ainda parece tímido em seu retorno. Vamos dar tempo ao Magnata. A equipe, que havia cansado, ganhou um pouco de gás e ameaçou a meta corintiana algumas vezes, rondando a área. O clube paulista achou o resultado bom e segurou o jogo. Nós queríamos e merecíamos mais.

Próximo domingo tem Fla-Flu. O rubro-negro vem de derrota para o Avaí e está na zona de rebaixamento. Que os afundemos mais ainda.

Saudações tricolores!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @nestoxavier

Imagem: paulo sergio/lancepress

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres