O poder da garotada tricolor (por Leandro Capela)

Não é novidade que, neste ano, a maior parte do elenco tricolor é composta de atletas que, em algum momento de sua formação de base, passaram por Xerém.

Mas o que não se esperava era que tantos moleques desempenhariam bom futebol com autoridade. Desde a melhora do titular Wellington na virada do ano até a grata surpresa com o volante Wendel, o rendimento até agora indica que poderemos, no mínimo, esperar muita entrega nesta temporada.

Não é difícil atribuir a boa tendência coletiva ao comandante Abel. Em sua primeira passagem, em 2005, tornou conhecidos alguns jovens, como Arouca, Diego (Souza) e Marcelo.

O primeiro, titular do atual campeão brasileiro. O segundo, atacante da seleção brasileira. E o terceiro dispensa comentários: titular do Real Madrid há uma década.

Na segunda passagem, a partir de 2011, com um Fluminense cheio de investimentos, havia menos espaço para a molecada. Mas, mesmo assim, conseguiu usar bons valores da base.

Wellington Nem saiu do status de revelação para se tornar um dos principais jogadores do time campeão de 2012. Marcos Jr. subiu aos profissionais após a prata na Copinha, marcou na final do Carioca e hoje é quase um 12º jogador. Samuel foi o escolhido para substituir eventualmente nosso artilheiro da época e deu conta do recado, apesar de hoje estar em baixa.

Tenho certeza que vários dos que subiram e subirão pelas mãos do nosso técnico serão grandes jogadores.

Abel Carlos da Silva Braga cheira a títulos. E sabe dar poder à garotada. Escolha perfeita por parte da nossa diretoria.

Que ele continue nos vestiários tricolores até o fim de sua carreira. Vida longa ao Abelão!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: cap

Informática para pequenos e médios ambientes – CLIQUE AQUI.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres