O Pedro vai te pegar (por Paulo Rocha)

paulo-rocha-novo-casal-20-green

A temporada 2017 começou com vitória do Fluminense. Os 3 a 2 sobre o Criciúma, em Juiz de Fora, pela Primeira Liga, mostraram que este ano, ao que parece, não vai ser igual àquele que passou. Tudo bem, continuamos tendo problemas defensivos, mas a equipe, tal qual Abel prometera, voltou a ter alma de vencedor.

Poderia falar sobre a boa volta do Cavalieri, sobre a firmeza do Léo (agora não mais Pelé), sobre a visão de jogo do Sornoza, sobre a ousadia do Wellington (agora novamente Silva). Também não posso me esquecer da entrada (fundamental para a virada no placar) do agressivo Lucas Fernandes. Contudo, quem mais me encheu os olhos foi Pedro.

Após substituir Henrique Dourado, esforçado, mas tecnicamente limitado, o centroavante forjado em Xerém mostrou que, agora sim, temos um digno sucessor da dinastia estabelecida por Fred durante sua passagem nas Laranjeiras.

O gol de Pedro, o da virada, que nos colocou em vantagem pela primeira vez no jogo – um jogo encardido, contra um time matreiro e bem armado pelo Deivid – merece um parágrafo à parte. Após receber ótimo passe de Léo, Pedro dominou, livrou-se das pancadas dos zagueiros do Criciúma invadiu a grande área e chutou forte, pelo alto, de canhota. Golaço. Gol de artilheiro.

O próprio Fred assinaria – no dia seguinte, inclusive, ele parabenizou o garoto pelas redes sociais. E a torcida tricolor, por sua vez, homenageou o novo homem-gol com o mais adequado de todos os cânticos: “O Pedro vai te pegar…O Pedro vai te pegar…” De arrepiar. Um centroavante de tal quilate não pode ser reserva. E não será por muito tempo, tenho certeza.

Sei que ainda falta muita coisa, que a defesa continuará (espero que por pouco tempo) nos dando sustos, que o rival não era sequer da Primeira Divisão do futebol brasileiro. Mas que começamos o ano vendo uma jovem reedição do Time de Guerreiros não há dúvida.  Que Deus ajude Abel em sua nobre missão de trazer nossa esperança de volta. E que tenhamos pela frente um novo tempo de sorrir.

xxxxxxxxxx

Não posso deixar de, mais uma vez, falar sobre o Lucas Fernandes. Que jogador nós iríamos perder! Abel Braga precisa, urgentemente, achar um lugar para ele na equipe titular, só não me perguntem na vaga de quem. Se não for o caso agora, ao menos ganhamos uma puta arma secreta no banco de reservas.

xxxxxxxxxx

Domingo, na estreia do Carioca, teremos pela frente nada menos do que o Vasco. Será importante chegar ao clássico de moral elevado. Além disso, teremos os reforços de Lucas na lateral direita e de Gustavo Scarpa no meio de campo. Que encaremos sem medo este desafio. E que ele seja o segundo capítulo de nossa afirmação.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paroc

received_1279554302106571

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres