O Fluminense que queremos (por Paulo Tibúrcio)

tiba red

O DESEJÁVEL, O POSSÍVEL E O VIÃVEL

O Fluminense vem de uma boa vitória contra o Cruzeiro e isto foi o suficiente para nos deixar animados. A mudança de postura somada aos novos reforços e ao apoio da torcida nos fez sonhar com melhores possibilidades. Mas basta algumas atuações ruins e voltamos às lamentações e ao baixo astral. Tem sido assim por muito tempo, salvo algumas raras sequências mais prolongada de boas atuações. Esta instabilidade frustra a todos nós, tricolores. Então, o que esperamos do Fluminense?

tecnicamente possível

O Design Thinking, uma abordagem para soluções inovadoras com foco no ser humano, trabalha com três patamares de possibilidades: Desejável, Possível e Viável. O desejável representa os nossos anseios. Serve para estabelecer uma referência daquilo que queremos. O possível e o viável servem como limitadores do mundo real. Trabalhando o equilíbrio entre estes três fatores, podemos definir uma meta factível de ser alcançada.

Já mostramos que nossa paixão vai além dos bons momentos, a história tem registrado nossa entrega e apoio incondicional nos momentos difíceis. Porém, o que queremos de verdade é um clube sempre vitorioso. Sem vergonha de sonhar, imaginamos um Fluminense gigante, que joga de igual para igual com qualquer time do mundo e que ganha títulos sempre – Carioca, Copa do Brasil, Sul Americana, Libertadores, Mundial. Também pensamos em estádio, centro de treinamento, formação de jogadores, craques vestindo nossa camisa. Aqui definimos o que é desejável.

Se analisarmos o momento atual do clube, verificamos que as limitações são muitas, tornando a área de interseção com o viável e possível muito pequena. Estamos construindo um CT, o que é muito positivo. No campo, a não ser que tenhamos alguma surpresa em futuras contratações, estamos praticamente fora da disputa pelo título do Brasileiro. Mesmo uma vaga para a Libertadores ou a conquista de um torneio não será fácil de se conseguir. Mais uma vez ficaremos na dependência do acaso. Não podemos nos contentar com isto.

Apesar da situação atual, consigo enxergar um Fluminense forte no futuro. A união em torno de um projeto pode fazer com que boa parte da lista de desejos acima se torne possível e viável. Empresas e instituições trabalham com planejamento estratégico que abrangem vários anos e que orienta as decisões e ações que são tomadas durante este período. Está na hora do Fluminense se modernizar e começar a utilizar ferramentas como esta. Planejamento que vise, por exemplo, a conquista de um título de Libertadores nos próximos três ou quatro anos. Difícil, mas o Flu tem uma forte marca, pessoas competentes e uma torcida atuante que encampa qualquer boa ideia. Temos que ser ousados.

Saudações Tricolores.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: pati

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres