Notícias mundanas do meu cotidiano (por Rubem Gonzalez)

Na cozinha, lambendo uma Sol geladíssima e comendo um franguinho assado em casa, olho para a única TV da casa que é de sinal aberto e, é claro, comecei a assistir o que passava.

Era no SBT um tal de Hells Kitchen Brasil, que, como o nome já deixa denotar, é uma franquia internacional, pois desde que Cabral aportou nessas terras a nossa tão declamada TV jamais criou nada. Tudo cópia ou copyright.

Nesse programa um bucéfalo mais parecendo uma mistura de Hagar o terrível e Ragnarr Loðbrók, só que com menos educação – se e que isso é possível – vociferava, xingava, grunhia.

O cara parecia uma mistura de dono de puteiro com diretor de elenco para figurantes de um improvável continuação do filme “Carandiru” ou animador de baile funk no Chapadão.

A certa altura o tal do chef, que descobri se chamar Carlos Bertolazzi, avisa a renca de babacas que se prestam a ser humilhados em públicos por um bosta desses, solta a seguinte pérola:

“Hoje em especial vocês têm que se esmerar porque eu vou receber não convidados comuns, mas convidados especialíssimos portanto temos que nos desdobrar.”

Ato contínuo, adentram o recinto um bando de desconhecidos figurantes, atores decadentes do SBT e a trupe inteira do “The Noite” do Danilo Gentalha.

Desliguei a TV imediatamente, quis cortar o fio da tomada, mas a minha esposa tomou a faca da minha mão…

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

#JuntosPeloFlu

Imagem: rg

Comentário