O Flu no fio da navalha (por Felipe Fleury)

O Fluminense não consegue dar mais de dois passos firmes. Seja com o esquema que for. Quando se espera que o time acerte e o treinador se convença da melhor estratégia para a equipe, dando-lhe padrão de jogo, Marcelo Oliveira muda tudo durante a partida como se tivesse a equipe (e bons jogadores) nas mãos e pudesse determinar, com suas percepções equivocadas do que acontece no campo de jogo, um melhor desempenho para o time.

Nem tudo é responsabilidade, porém, dos fracos treinador e elenco. Os reiterados atrasos de salários e a debilidade da administração Tricolor, que jamais se empenhou em formar um time minimamente razoável, contribuem sensivelmente para essa instabilidade dentro de campo.

Não há, portanto, que se esperar muito além do que se tem visto. Aliás, como já disse em outra oportunidade, diante das graves dificuldades por que têm passado os jogadores, nenhuma crítica pode ser feita à vontade com que vêm disputando seus jogos. Há caráter, há honradez, mas não há qualidade.

Talvez sejam esses atributos que ainda funcionem como combustível para a equipe, mantendo-a numa posição intermediária na tabela e praticamente classificado para a próxima fase da competição sul-americana. Em passado não muito distante, vimos times tecnicamente melhores se esforçarem menos dentro de campo em razão de problemas extracampo.

Não é caso desse grupo, pelo menos até agora, para sorte do torcedor Tricolor.

Sufocado por uma gestão desastrosa, seria padecer demais que também sofresse com seu clube nas últimas posições da tabela do brasileiro. Embora o risco ainda seja real, o empenho dos atletas parece que não permitirá que se chegue a tal ponto. Só o empenho, porque de treinador, assim como de presidente, estamos muito mal.

A salvação da degola, ao fim da temporada, será um alívio para o torcedor e para a combalida gestão Tricolor. Mas até quando caminharemos sobre o fio da navalha? Até quando iniciaremos uma temporada com objetivos modestos? Até quando o Fluminense estará nas mãos desidiosas de gestores incompetentes? Até quando?

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @FFleury

Comentário