Jovens guerreiros (por Paulo Rocha)

paulo rocha novo casal 20 red

Foi como nos bons e velhos tempos, mas pode significar (tomara!) o início de uma nova era. O Fluminense que vimos contra o Vasco domingo passado, no Engenhão, foi aquele que aprendemos a amar. Uma exibição de gala, um passeio, um massacre. Um típico caso de atropelamento. Atuação digna e que proclama uma nova versão do Time de Guerreiros.

Concordo, o Vasco começou um pouco melhor, mas o etéreo controle da partida esvaiu-se com o passar dos minutos. Os veteranos cruzmaltinos não aguentaram o ritmo deste jovem Flu, comandado por um ídolo à beira das quatro linhas. Sim, este novo Fluminense sintetiza o lema consagrado por Alexandre Dumas, um por todos e todos por um.

Sei que a temporada nos reserva ainda muitos percalços. Mas estes, eu tenho certeza, serão encarados com honradez; Abel não admitirá de outra forma. Ao mesmo tempo em que resgatou a alma tricolor, nosso comandante soube vibrar como torcedor que é; sendo assim, traz para o lado da equipe o apoio tão importante da arquibancada.

Difícil apontar que foi o melhor nos 3 a 0 sobre os vascaínos. Todos brilharam. Aliás, somente uma coisa me deixou insatisfeito: poderia ter sido de mais. Mesmo assim, deixou meu agradecimento, de coração, a Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique, Léo, Orejuela, Douglas, Sornoza, Scarpa, Dourado, W. Silva, Renato, Luiz Fernando e Marcos Júnior. Obrigado pela tarde imemorável. E vamos em frente.

xxxxxxxxxx

Os equatorianos jogam para cacete. Todos dois. Eu, que neste espaço critico tanto o ex-gerente de futebol do clube Jorge Macedo, tenho que reconhecer: nestas contratações, ele acertou em cheio. Pelo menos isso.

xxxxxxxxxx

Concordo com a diretoria no que diz respeito a, no momento adequado, priorizar a disputa da Copa Sul-Americana. Já batemos na trave uma vez, merecemos e temos a obrigação de lutar por este título tão esperado por todos os tricolores.

xxxxxxxxxx

Espero que seja confirmada logo a realização do evento de masters nas Laranjeiras em benefício de Gilson, o Gênio, que luta contra o câncer. Torço para que seja um sucesso e que o arrecadado possa ajudar este cara sensacional, personagem da minha infância de torcedor, doce figura que tive o prazer de conhecer tanto na condição de sócio do clube quanto no decorrer de minha profissão de jornalista. Força Gilson, aguenta firme, estamos rezando muito por você. Que Deus o abençoe.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paroc

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres