Para o Fluminense, nada é impossível (por Paulo Rocha)

Seria mesmo difícil resistir. Com o time desfalcado e a cabeça na LDU, o Fluminense até fez um primeiro tempo razoável, mas acabou cedendo a virada ao Atlético-PR, na Arena da Baixada. O elenco reduzido é um inimigo cruel às aspirações tricolores, mas não tem jeito: precisamos pontuar no Brasileirão e ir com tudo em busca do título da Copa Sul-Americana.

A limitação do elenco é conhecida e o Tricolor precisa ter um plano estratégico para lidar com ela. Quinta-feira, em Quito, teremos nossos melhores jogadores à disposição (exceção feita a Henrique Dourado, um desfalque enorme). Espero que também mandemos a campo um time competitivo domingo, contra o Palmeiras, no Maracanã.

Concordo com o meu amigo Antonio Gonzalez, a meta na competição nacional é somar pontos para que não corramos risco de rebaixamento. O título que podemos conquistar este ano é o continental. Na base da raça, da camisa, na imprevisibilidade do “mata-mata”. Pensar de forma diferente, com todo o respeito, é viver em um mundo de fantasia.

Houve pontos positivos na derrota em Curitiba? Poucos. E um deles foi Richard. Há pouco tempo li uma coluna na internet na qual havia um “scout” esculachando o rapaz, dizendo que, nos últimos anos, ele jogara poucas vezes e coisas do gênero. Fiquei feliz em vê-lo atuar bem. É um volante alto, combativo, deu bons passes. Pode ser útil ao nosso time.

Confesso que, mesmo com a cabeça voltada para o duelo com a LDU, o desempenho sofrível da equipe no Campeonato Brasileiro me preocupa. Temos que fazer logo o maior número de pontos possível. O time é muito jovem para chegar à reta final da competição ameaçado. É uma pressão perigosa ao extremo. Temos que nos livrar o quanto antes da ameaça de queda.

Ou seja: LDU, quinta-feira, na altitude, e Palmeiras, domingo, no Maracanã. Temos que superar os dois desafios. Para quem gosta de emoção é um prato cheio. Vamos torcer para que o Fluminense consiga botar em prática a estratégia elaborada por Abel. Que passemos de fase e consigamos vencer o atual campeão brasileiro. Para o Fluminense, nada é impossível.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres