Ganhar é bom! (por Roberto Rutigliano)

No meio das crises de Vasco e Botafogo – pelas suas campanhas pífias – e da mulambada – que, pelo andar da carruagem vai ficar no cheirinho no Brasil -, o Fluzão ganha uma sobrevida para deixar a torcida feliz por uns minutos.

Faltam oito jogos e não fica impossível fazer seis pontinhos. Ufaaaa!

O esquema tricolor mudou um pouco: o treinador Marcelo Oliveira deixou um zagueiro como sendo um duplo lateral para ajudar Igor Julião (o menos pior de nossos três laterais)… isto para reforçar nosso maior calcanhar de Aquiles (nosso lado direito). Ficamos assim, no campo, com duas linhas de quatro.

A equipe não jogou mal. Pelo contrário: dominou o tempo todo o Atlético. O gol da vitória pareceu uma jogada do Miles Davis, John Coltrane e Cannoball Adderley.

Antes disso, o destino quis que o pênalti deles batera na trave.No final, a maldição dos Matheus se instaurou (antes era o Norton, agora o Alessandro).

Ainda vem por aí muito sofrimento, mas vamos curtir nossa embriaguez, felizes por um dia.

Neeeeense!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Comentário