Fluminense 3 x 0 Goiás: atuações (por Mauro Jácome)

INFORMÁTICA PARA PEQUENOS E MÉDIOS AMBIENTES

O pênalti perdido por Sornoza logo aos 8’1ºT desarticulou o Fluminense pelo resto da primeira etapa. Passes errados, precipitações, ansiedade, nervosismo. A pressa em resolver o jogo atrapalhou o raciocínio e poucas vezes o gol de Marcelo Rangel correu riscos.

A entrada de Marquinhos Calazans mudou o panorama do jogo. As jogadas passaram a sair com melhor formatação. O primeiro gol saiu de um cruzamento do lateral para Henrique tocar para o gol. Logo em seguida, Douglas jogou na área e Nogueira subiu com muito estilo para fazer o segundo. Os dois gols mais a expulsão de Tony deram tranquilidade ao Fluminense. Até demais, pois o Goiás começou a crescer no jogo. No entanto, num contra-ataque iniciado e terminado por Pedro, o Fluminense fez o terceiro.

JÚLIO CÉSAR

Duas ótimas defesas no segundo para manter o placar do Goiás em zero.

LUCAS

Tentou destravar a retranca goiana no primeiro tempo, mas encontrou muitas dificuldades para encontrar um companheiro livre. No segundo, chegou bem ao fundo algumas vezes e fez bons cruzamentos.

NOGUEIRA

Um belo gol de cabeça. Subiu com muito estilo. Teve algumas dificuldades quando ficou no mano-a-mano, mas nada que comprometesse.

HENRIQUE

Apareceu muito bem na área do Goiás. Marcou um gol e deixou Wellington Silva e Pedro para abrirem o placar no primeiro tempo. Algumas vezes teve que sair à caça de Leo Gamalho.

LÉO

Não sabe cruzar e isso atrapalha demais quando o Fluminense precisa de jogadas de fundo de campo.

MARQUINHOS CALAZANS

Mudou a cara do jogo.

OREJUELA

A forte marcação de sempre. Segurou atrás para liberar os laterais e o restante do meio-campo.

DOUGLAS

Burocrático. Quando o Fluminense precisa de criatividade, não é o jogador indicado para carregar a bola.

WENDEL

Tecnicamente, é superior a Douglas. Tem mais agilidade, mais visão de jogo e chega com mais naturalidade à frente.

SORNOZA

Depois que perdeu o pênalti, não se achou. Errou muitos passes. melhorou no segundo tempo, mas foi abaixo de jogos anteriores.

RICHARLISON

É um lutador. Com ele não tem bola perdida. No entanto, ainda é muito precipitado.

MARCOS JUNIOR

Entrou para poupar Richarlison. Teve uma oportunidade, mas matou a bola na cara e perdeu a chance.

WELLINGTON SILVA

Atrapalhou Pedro num lance cara-a-cara no primeiro tempo. Foi perigoso, mas faltou companhia para acompanhá-lo.

PEDRO

Muito preso na marcação no primeiro tempo. No segundo, depois de aberto o placar, teve mais espaços para sair da área. Bela jogada no terceiro gol.

ABEL

Precisa definir e treinar muito um cobrador de pênalti. Não pode o Fluminense desperdiçar tantas cobranças. A substituição de Leo por Marquinhos Calazans determinou a tranquila vitória no segundo tempo. As outras substituições foram protocolares.

GOIÁS

Achou que poderia segurar o zero a zero o jogo inteiro?

ARBITRAGEM

Sem ocorrências.

…SAINDO DE CAMPO

Sábado tem mais…

CENAS DO CENTRO DO RIO – CLIQUE AQUI

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

Imagem: maj

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres