Fluminense 0 x 0 Botafogo: atuações (por Mauro Jácome)


CENAS DO CENTRO DO RIO II – CLIQUE AQUI

O jogo era um perde-ganha até os 25’, quando o Fluminense montou uma blitz em busca do primeiro gol. E quase saiu. Daí em diante o Fluminense passou a errar menos. Com Marcos Junior pelos lados, tentava chegar com velocidade à área de Jeferson. No entanto, a marcação alvinegra era sempre maioria.

Na volta dos vestiários, o Fluminense se distribuiu melhor em campo e, com velocidade, chegou várias vezes. Faltava mais força ofensiva. Abel colocou Ayrton, Matheus Alessandro e Robinho e, assim, conseguiu levar imensa vantagem. No entanto, as conclusões não foram bem executadas, principalmente, as de Robinho. O Fluminense merecia melhor sorte.

JÚLIO CÉSAR

Não comprometeu. O Botafogo não chutou…

RENATO CHAVES

Não comprometeu. O Botafogo não atacou…

MATHEUS ALESSANDRO

Incendiou os minutos finais. Velocidade e ousadia. Faltou aquela jogada decisiva.

GUM

Mesmo nível no Renato Chaves.

IBAÑEZ

Dificuldades na marcação no início do jogo. Tomou logo um cartão amarelo. Depois teve a vida facilitada porque o Botafogo pouco foi pelo seu lado.

GILBERTO

Um dos melhores do time. Marcou bem, chegou com velocidade pelo lado direito e finalizou. Quase marcou de cabeça.

JADSON

Bom segundo tempo. Tem saída de bola vertical, o que facilita a transição. Vai ser titular.

DOUGLAS

Muita força, pouco raciocínio. Vai perder a vaga para Richard.

SORNOZA

É o cara da criatividade, mas é muito tímido. Arrisca pouco.

MARLON

Muito fraco. Abel cansou e o tirou.

AYRTON

Com dois minutos em campo já tinha feito mais que o Marlon. É muito superior.

MARCOS JUNIOR

Correu pelos lados e tentou levar vantagem no mano a mano. Faltou chegar na área.

ROBINHO

Foi para a esquerda e, na diagonal, levou perigo ao Botafogo. As finalizações foram ruins.

PEDRO

Um pouco melhor no segundo tempo, mas lhe falta presença na área.

ABEL

Acertou nas substituições. Se a vitória viesse, teria sua assinatura.

BOTAFOGO

Muito ruim.

ARBITRAGEM

No lance da anulação do gol de Ibañez, foi falta do Renato Chaves, mas acontece o tempo todo, inclusive na final do campeonato de 2017

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

#JuntosPeloFlu

Imagem: jam

Comentário