Férias… (por Luis Brito)

férias

Ufa! Férias! Bom, nada a comemorar.

O primeiro semestre foi embora e, com ele, a frustração de não ter ganho ou levantado nenhuma taça. Infelizmente o Carioca foi conquistado pelo Botafogo e a Libertadores perdemos para o Olimpia do Paraguai, nas quartas de final.

O objetivo era conquistar as duas competições, talvez a Libertadores tivesse uma prioridade maior, pelo peso que representa a competição, o que deu errado? Não sabemos, exceto que o adversário paraguaio foi inferior ao nosso elenco, jogou menos e pensou em se defender nas horas que a vantagem era favorável ao time do Olimpia.

Talvez tenha faltado um pouco mais de vontade ou futebol ao Fluminense; não gosto de colocar a culpa no modelo que o adversário joga a partida, cada time possui sua qualificação e aplicação tática – e assim o Olimpia conseguiu a vantagem no placar e a classificação.

Mas eu vejo a Libertadores decadente e suja, o tamanho da competição não se reflete na organização. Estádios ruins, campos horríveis, reposição de bola péssima (gandulas) e premiação pífia.

Não é hora para discutirmos o passado, mas sim de olharmos e caminharmos para frente, o Fluminense possui elenco bom e suficiente para conquistar o pentacampeonato brasileiro – e jogar a vida na Copa do Brasil, para levantar o total de taças que não conseguiu no primeiro semestre.

O brasileiro começou bom para o Fluminense, poderia ter terminado melhor essa paralisação para a Copa das Confederações? Lógico que poderia, mas não conseguimos o que também não significa que não seremos campeões; entretanto é cedo para falarmos ou prevermos algo, a competição é longa e paramos apenas na 5º rodada.

Times como o Corinthians, Cruzeiro, São Paulo, Inter, Fluminense, Botafogo, vão ter o seu devido descanso e preparação para o restante da temporada, talvez sejam esses os que vão brigar na parte de cima da tabela, possuímos ainda o Grêmio, mas não aposto muito na força gremista nesse brasileiro – posso estar errado mas o Luxemburgo não tem o grupo na mão.

Copa do Brasil é uma competição imprevisível, onde tudo é mais disputado e acirrado, pois é mata-mata, se perder pula fora, uma competição que exige alto nível psicológico, contando que o Flu possui um time experiente e acostumado a tipo de pressão maior, podemos levantar o caneco.

Previsões: Brasileiro – Brigaremos até a última rodada com a possibilidade altíssima de sermos campeões, se não levantarmos o caneco, a vaga na Libertadores é muito provável.

Copa do Brasil – É um torneio onde se ganha no fator psicológico. O Fluminense possui uma equipe tarimbada e pode sair vencedor da competição.

Depois de um primeiro semestre agitado, vamos à pausa para brigar no segundo semestre por títulos.

Luis Brito

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @datluis

Comentário