Balanço Flu 2017 (por Ise Cavalieri)

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVROS “RODA VIVA” 1 E 2

Embora ainda falte uma rodada do Brasileirão, já é possível fazer o balanço desse ano. Os tão demorados e sofridos 46 pontos chegaram e podemos respirar aliviados: embora essa última rodada possa nos levar à Sul-Americana do ano que vem, nosso maior título de 2017 foi a permanência na série A.

Para um clube com a grandeza do Fluminense, esse “título” é motivo de vergonha. Não foi um ano como o de 2009 por exemplo, difícil, onde vínhamos de um grande baque e, ainda assim, vimos o espírito de guerra cravado nos olhos de cada jogador.

Esse ano, mais uma vez passamos por essa luta. A diferença foi que vimos um time mediado sendo desmontado com a intenção de por em dia salários e direitos de imagem, enquanto os jogadores remanescentes (com exceção de Dourado e Sornoza), mantiveram durante o ano a errônea postura de que haviam feito o que era possível.

Depois de mais uma temporada terrível e de algumas declarações do nosso presidente, onde diz que o próximo ano também será de dificuldades, o que devemos esperar para 2018?

Um ano de dificuldade que possa ser transformado em um caminho de reestruturação ou simplesmente mais outro inteiro de sofrimento, dificuldades financeiras e jogadores horrorosos e/ou sem vontade, enquanto os que se destacam continuam sendo vendidos?

Enquanto brigávamos pra fugir do Z4, vimos o Botafogo disputando a Libertadores, o Flamengo nos eliminando da Sul-Americana – agora também classificado para a final – e ambos, juntamente com o Vasco, com prováveis vagas na Libertadores do próximo ano. Seriam os rivais tão superiores a nós ou simplesmente demonstram a vontade que nós não temos?

Qual está sendo a sua sensação?

Para o novo ano só tenho a desejar a todos nós que seja de novos ares, novos sonhos e novos tempos. Que retorne a alegria de ver o time em campo, que retorne o espírito de luta em cada partida, que retorne a alma Tricolor em cada torcedor, e que esse volte a sair de sua casa disposto a voltar com a vitória.

Que a torcida não se cale, que apoie muito, mas que também cobre e que tenha sempre a intenção de ver o Fluminense no seu lugar de origem: no topo das tabelas e com as mãos nas taças.

Feliz 2018!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @isefinato

#JuntosPeloFlu

Imagem: delo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres