Atlético-PR 2 x 0 Fluminense (por Ricardo Goulart O China)

Partida decisiva e logo o Fluminense tratou de mostrar atitude, dominando o adversário em seu campo, aplicando marcação alta. Apesar disso, faltou o de sempre: efetividade no ataque. Os paranaenses nos assustaram de verdade a seguir, perdendo diversas oportunidades, sendo Júlio César o melhor tricolor em campo no primeiro tempo (e depois na partida inteira).

Naturalmente não houve jeito: após a insistência, conseguiram marcar o gol depois de rebotes seguidos na frente da área. Chamou atenção a fraca atuação de Ayrton Beijinho, bem como Sornoza.

Segundo tempo sem alterações, com panorama muito parecido com a etapa inicial, o Fluminense com um suposto controle. Ficou escancarada a necessidade de agredir mais e, após uma dúzia de chances perdidas pelos caras, tomamos mais um gol.

Obviamente precisávamos propor algo e o MO inexplicavelmente coloca o bonde Junior Dutra! Esse bravo atacante deve ser um fenômeno nos treinos, não é possível que só o treinador não repare isso… Enfim, uma troca improdutiva que em nada agregou ao time.

Agora teremos três semanas para aguardar a volta no Maraca, num cenário completamente desconhecido, visto que teremos jogos importantes no BR e, dependendo dos resultados, estaremos bem ou mal…

Contudo, não será surpresa nossa passagem à final, mas precisaremos de concentração, raça e pontaria para fazer os gols necessários. O treinador tem que dar um choque de ordem nos morcegos do time: só assim venceremos com os três gols, sem a disputa de pênaltis.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Comentário