Antes tarde do que nunca (por Paulo Rocha)

O Clássico deste sábado, com o Botafogo, deveria ser o assunto principal de qualquer coluna a respeito do Fluminense que fosse publicada nesta data. Contudo, em razão dos fatos ocorridos nesta sexta e tornados públicos durante a entrevista coletiva do presidente Pedro Abad, nas Laranjeiras, o foco mudou totalmente. E não poderia ser de outra forma, haja vista a imensidão de problemas que sacode nosso Tricolor neste início de temporada.

A chegada do novo patrocínio máster foi, enfim, uma bola dentro. Parece que finalmente as pessoas incumbidas dessa captação mostraram a que vieram. Mesmo não tendo o potencial de investimento de patrocinadores anteriores (e vocês sabem a qual empresa me refiro), a Valle Express chega para ocupar o espaço nobre de nossa linda camisa com a tarefa de ajudar a manter a paz no que diz respeito ao cumprimento dos compromissos do clube.

Além de anunciar o novo patrocinador, Abad pediu publicamente desculpas a Diego Cavalieri e aos outros dispensados pela forma como lhes foi comunicada a decisão. Não corrige as coisas, não impedirá que o Fluminense tenha que enfrentar seus ex-jogadores na Justiça, mas foi uma mostra de humildade. Errar é fácil, reconhecer e pedir desculpas pelo erro é que é difícil. Afinal, existe muito orgulho nas pessoas.

Bom, como não consigo apenas falar de fatos extracampo, creio que o Clássico Vovô será um duelo interessante. Molecada e desconhecidos dos dois lados, entrega, correria. E amor à camisa. Foi com esse tempero fundamental que o futebol se tornou a grande paixão dos brasileiros. E Fluminense x Botafogo faz parte da história do Rio. Que São Sebastião abençoe nosso povo, nossos clubes, nosso Maracanã e nossa tão sofrida e amada Cidade.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

#JuntosPeloFlu

Imagem: roc

Comentário