Amanhã, na marra, na garra (por Marcus Vinicius Caldeira)

SuportCorp – Informática para pequenos e médios ambientes

Jogamos muito mal no sábado contra o Vasco. Marcação frouxa, baixa, time sem velocidade, intensidade e com muito toquinho para o lado. A antítese do que tem sido o Fluminense este ano. Sequer merecíamos o empate em São Januário. Mas como futebol não é merecimento, já que o jogo estava empatado aos quarenta e sete, para que alçar aquele lateral na área em busca de um gol improvável? O resto foi consequência.

Amanhã, terá de ser diferente. O time precisará entrar no 220V. Voltar a ter intensidade e marcação alta e forte. Precisaremos correr atrás do prejuízo que é grande. Não teremos Wellington Silva, que acelera bastante o jogo e é um excelente fura retrancas. O Grêmio vem descansado, pois poupou todos os titulares pelo Brasileirão. Teremos que nos superar e muito, mas eu acredito, sempre. O jogo é jogado e o lambari é pescado.

Infelizmente, temos um grande calcanhar de Aquiles. Não se tem um zagueiro bom no elenco para jogar ao lado de Henrique, que está um monstro. Isso nos custou o Carioca, pode nos custar a Copa do Brasil e nos custou a derrota no clássico, sábado. Se o Henrique machucar será terrível. Há de se encontrar uma solução, urgente.

No mais, espero que a torcida do Fluminense faça a sua parte amanhã. Serão os quinze mil de sempre e mais alguns. Tenho certeza que empurraremos o time para que ele ganhe força e traga a vitória.

Apoio incondicional!

Impossible is nothing!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

Imagem: paro

CENAS DO CENTRO DO RIO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres