A receita do sucesso tricolor (por Paulo Rocha)

paulo rocha novo casal 20 green

No abafado estádio de Moça Bonita, o Fluminense conseguiu mais do que simplesmente três pontos ao bater o Resende por 1 a 0. Deixou sua torcida confiante de que, mesmo no dia em que não jogar bem, pode sair de campo com a vitória.

Pois é amigos, todos nós sabemos que o Tricolor fez uma partida ruim. Não horrorosa como aquela s do final do ano passado, mas ruim. Tanto que, para obter o triunfo, teve que depender de um lampejo individual de seu atualmente mais expressivo jogador. Ou seja: o talento decidiu.

Eu já esperava um jogo complicado, não me surpreendi. Nada que nunca tivéssemos visto; o Fluminense, historicamente, é chegado a um drama. Não o fosse, não teria sido o time de Nelson Rodrigues. A bola que Renato Chaves salvou no finalzinho, em cima da linha de gol, ilustra bem o que digo.

Os campeões são forjados com talento, dedicação e sorte. Quando misturados, estes ingredientes impulsionam rumo às conquistas. Essa é a receita do sucesso. E parece que nosso jovem time começa a trilhar um caminho iluminado. Vamos torcer.

xxxxxxxxxx

Espero que Pedro se recupere logo da torção no tornozelo e que possa voltara a ser opção para Abel.  O garoto faz muita falta. É o verdadeiro herdeiro da camisa 9 que Fred deixou vaga. O tempo dirá que tenho razão.

xxxxxxxxxx

O que dizer do Liverpool do Uruguai, nosso primeiro adversário na Copa Sul-Americana? Difícil analisar. A única coisa que sei é que os uruguaios gostam de intimidar e não possuem a humildade de saber perder. Será um bom desafio e uma oportunidade de nossa jovem equipe amadurecer para as competições internacionais.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paroc

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres