Vitória 1 x 2 Fluminense: atuações (por Mauro Jácome)

 
Um primeiro tempo muito ruim do Fluminense. Toque pra lá, toque pra cá, mas nenhum perigo ao goleiro Caíque. Em compensação, na primeira chance do Vitória, Neilton aproveitou uma bola do fundo, se soltou da marcação e abriu o placar. Sem poder ofensivo, com Marcos Junior embolado no meio, Pedro tendo que voltar para buscar jogo, com Sornoza naquela mesmice, Jadson, Richard, Laterais… Enfim, nada, nada, nada…

Para o segundo tempo, Abel tirou o inútil Marcos Junior e colocou Pablo Dyego. O garoto aumentou o poder ofensivo. O Fluminense corria alguns riscos nos contra-ataques, mas chegava mais perto do gol de Caíque. Quando Abel colocou o Robinho, a pressão foi total. Os gols saíram com Pablo Dyego recebeu de Pedro e bateu rasteiro para empatar aos 27’. A bola ainda desviou em Rhayner. Aos 40’, em escanteio de Sornoza, Gilberto subiu no meio da zaga e mandou para as redes. A vitória foi merecida pelo bom segundo tempo do Fluminense.

JÚLIO CÉSAR

A única bola que foi ao gol entrou. Era indefensável.

RENATO CHAVES

Teve a vida facilitada pela fragilidade do Vitória. Errou umas saídas de bola.

NATHAN

Boa estreia. Tranquilo, jogou na sobra e foi bem.

FRAZAN

Não dobrou a marcação em companhia do Marlon no gol de Neilton. Não pode dar o bote porque vai ser driblado. No segundo tempo, não teve muito trabalho.

GILBERTO

Mal no primeiro tempo, melhorou na etapa complementar. Subiu bem para marcar o segundo gol tricolor.

RICHARD

No geral, foi bem na marcação e fechou a entrada da área. Poderia ter acompanhado Neilton no gol do Vitória.

JADSON

Futebol insosso. Nada de interessante.

ROBINHO

Entrou bem. Procurou variar os lados do campo e ajudou na pressão em busca da virada.

SORNOZA

Um primeiro tempo muito sumido. Na pressão, procurou o jogo e distribuiu bem as bolas. Cobrou bem o escanteio para o gol de Gilberto. Aliás, bater muito bem na bola.

MARLON

É inferior a Ayrton. Deixou alguns espaços na marcação. Não chegou ao fundo do campo.

MARCOS JUNIOR

Inútil em campo.

PABLO DYEGO

Melhorou muito o time. Deu força, volume e ofensividade. Ainda marcou o gol de empate.

PEDRO

Não concluiu a gol, mas distribuiu bons passes quando saiu da área.

DODI

Não pegou na bola.

ABEL

Resolver poupar Gum e Ayrton. Promoveu a estreia de Nathan Ribeiro. Manteve o perigoso Frazan. Um primeiro tempo muito ruim. Mudou o time quando colocou Pablo Dyego e depois Robinho.

 

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

#JuntosPeloFlu

Imagem:

Comentário