Magno Alves

Verdadeiro amor (por Paulo Rocha)

A vitória de 4 a 2 sobre o sempre complicado Galo foi linda. Além de Magno Alves, dois caras também jogaram muito: Douglas e Wellington. Mas que ninguém se engane: a Chapecoense será um adversário complicado ao extremo. Se a meta é mesmo chegar ao G4, teremos que passar por este lobo fantasiado de cordeiro

Ainda sobre Magno Alves (por Paulo-Roberto Andel)

Quando ele pulou feito criança depois da cabeçada vitoriosa, eu lembrei do querido e saudoso Ézio, do inesquecível Washington e do espetacular Cláudio Adão – todos estes assim como Fred, atualmente, e Romário, Coração Valente, Rafael Moura, Tuta e outros nomes, formam um grupo de artilheiros que ajudou a escrever o livro dos dias tricolores nos últimos 30 ou quase 40 anos