River-PI 0 x 5 Fluminense: atuações (por Mauro Jácome)

O jogo começou como era de se esperar: o River partindo para o ataque na base da empolgação, afinal, só a vitória interessava ao time piauiense. Ao Fluminense cabia o contra-ataque. E assim, aos 13’, Luciano avançou na intermediária e lançou Everaldo em velocidade. Quando o atacante tricolor ia marcar, foi puxado pelo ombro. Pênalti cobrado por Luciano: 1×0. Logo em seguida, Daniel brigou, ganhou a bola e lançou Everaldo. O atacante cortou para o meio e chutou tirando do goleiro. 2×0. Mesmo com a vantagem, o time de Fernando Diniz não tirou o pé e as chances foram se sucedendo. No fim do primeiro tempo, Yoni Gonzáles foi lançado por Luciano, cortou o zagueiro, mas foi arrastado no carrinho. Pênalti. Luciano bateu, o goleiro Mondragon defendeu, mas Bruno Silva pegou o rebote e ampliou.

O segundo tempo, foi de completo domínio tricolor. O meio-campo e o ataque aproveitaram para dar velocidade na transição. Yoni González recebeu na área e inverteu para Everaldo, que chutou, mas a bola bateu na zaga. Luciano pegou o rebote e marcou o quarto. Everaldo perdeu outras oportunidades na cara de Mondragon. No finzinho, Marlon pegou um rebote e mandou no ângulo. Belo gol.

RODOLFO

Apareceu na hora de jogar com os pés. O River não levou perigo.

EZEQUIEL

Mesmo com espaço, não avançou à linha de fundo. Limitou-se a tocar para o lado.

DIGÃO

Sem problemas.

MATHEUS FERRAZ

Tranquilo.

MARLON

Não tem qualidades para ser titular. Num jogo como esses, quebra o galho para o titular descansar. Belo gol num chute da intermediária.

AIRTON

Melhorou a saída de bola para o ataque. Além de tocar de primeira, tem um passe diferenciado.

BRUNO SILVA

Quando a bola chegou à intermediária adversária, trabalhou com tranquilidade. Faltou o passe mais vertical.

MARCOS PAULO

Mais uma vez entrou bem. Precisa de um gol para ganhar mais confiança. Tem a ansiedade natural de quem sabe que tem muita bola.

DANIEL

Alternou momentos de participação nas ações ofensivas e bons passes, com sumiços. Saiu no intervalo.

CAIO HENRIQUE

Precisa ser mais vertical. Toca muito para o lado e para trás.

EVERALDO

Início avassalador. Primeiro, disparou contra a última linha de marcação do River e sofreu pênalti. Poucos minutos depois, recebeu de Daniel e bateu com categoria para ampliar. Às vezes, prende a bola e atrasa o lance. Perdeu um caminhão de gols no segundo tempo.

LUCIANO

Saiu bem da área para trocar passes e fazer lançamentos para pegar o atacante por trás da linha de marcação. Vai se transformando num dos principais nomes desse time. Visão de jogo fora da área e, dentro, conclusão precisa.

JOÃO PEDRO

Movimentou-se bem pela intermediária. Não teve uma chance para concluir.

YONI GONZÁLEZ

Usou a velocidade para desmontar a marcação. Conseguiu um pênalti e deu uma boa assistência para Everaldo fazer a primeira conclusão no segundo gol de Luciano.

FERNANDO DINIZ

Vai consolidando o estilo de valorização da posse de bola. Bom jogo para isso. Há pontos falhos que precisam ser corrigidos. Às vezes, alguns jogadores prendem a bola, atraem a marcação e perdem o timing do passe. Os laterais Ezequiel e Marlon são, tecnicamente, aquém do resto do time e, quando o jogo pede a participação deles, o toque de bola não tem qualidade.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

#credibilidade

2 Comments

  1. Muito bom ver o time jogar com intensidade o tempo inteiro, mesmo quando o resultado já está garantido. Luciano comeu a bola ontem. Matou o jogo. Que jogadoraço está sendo nesse começo de temporada. Everaldo muito bem até começar a perder um milhão de gols. O setor ofensivo do time está muito bem nesse começo, vamos ver se mantém nos jogos de maior dificuldade.

  2. Boa analise, como nao vi o jg. Ta bom, pelo inicio de temporada. Ja temos o dedo do tecnico. Vamos pra cima da mulanbada.

Comments are closed.