Quando não é dia de dia (por Zeh Augusto Catalano)

blacksabbaththemanyfacesof-484x242

O horroroso Fernando Prass pegou um bola impossível, o jogo foi para os pênaltis e o Fluminense voltou para casa.

Não vi um único tricolor xingar o time. Claro que houve erros, a atuação do primeiro tempo deixou a desejar. Mas o Flu meteu uma garra uruguaia, lutou pra cacete… mas saiu.

Paciência. Esta coisa chamada futebol, que te traz aqui para ler o que escrevemos, pressupõe que alguém vai ganhar. Para isso, infelizmente (ou felizmente, sei lá) alguém precisa perder.

Desço o pau aqui, e muitos descem, no tal do Gum. Hoje vai receber um elogio. O cara está lá. Está sempre lá.

Nos anos 1980 (1990 talvez), o Deportivo La Coruña precisava ganhar o último jogo para ser campeão espanhol pela primeira vez em sua história. O craque do time? Bebeto. Finalzinho de jogo, zero a zero, pênalti pro La Coruña. Bebeto correu do pau. Bateu Djukic, beque que depois seria técnico do time. Perdeu. Título (mais um) para o Real Madrid.

Final da Copa de 1994. Pênaltis. Márcio Santos, Romário, Branco, Dunga. Cadê Bebeto?

Ontem, com toda a sua inabilidade, estava lá o cara dando a cara a tapa, como aliás sempre fez. Cometeu uma bizarrice, ok, chutou nas nuvens. Quem nunca? Como não valorizar um cara com esse grau de entrega e espírito de luta? Me parece um cara dedicado, honesto e 100% focado naquilo ali. Pode ser ruim, mas está ali seu prato de comida.

Voltando à bola de Fred, no minuto final, ela foi chutada como dava, e bem, no contrapé do goleiro. É uma dessas jogadas em que passa pela sua cabeça o fato de que aquele dia não é dia de dia. Não acredito em destino e nem em sorte. Acho que tudo decorre de trabalho, treino e esforço. No entanto, há dias em que você tem a sensação de que o Pelé poderia estar em campo que a coisa não iria adiante.

Paciência. Vida que segue.

Detesto com todas as minhas forças o tal do Engenhão. Estádio frio, campo distante. Levar Vasco x Fluminense para lá é uma medida imbecil.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: sabbath

LANÇAMENTO O ESPIRITO DA COPA RJ

3 Comments

  1. Bom dia Zé augusto, não era o nosso dia mesmo, não culpo o Gum, mas teremos que arrumar o setor defensivo, está na hora de bater nos padeiros, eles merecem uma chinelada…ST.

  2. Acho que o que estão fazendo com o Gum é parecido com o que fizeram com o Fred na Copa. Agora tudo é culpa dele. E não é.

Comments are closed.