Precisamos e merecemos (por Crys Bruno)

crys bruno green

Oi, pessoal.

Precisamos e merecemos conquistar o título da Primeira Liga, essa noite, para virar a página dos ares sombrios dos últimos dias, criados pelas atitudes tempestuosas de Fred e pela derrota para o Vasco.

Precisamos e merecemos ver o Fluminense triunfar , conquistar a Primeira Liga, que tem tudo para ser o modelo de uma nova era do nosso futebol, para dissipar as nuvens negras da desconfiança.

Hoje é dia de gritar “é campeão!”, o que não fazemos desde 11 de novembro de 2012, longe dos árbitros de Rubens Lopes – a anulação o gol do Renato Chaves foi um escândalo. Um grito para renovar nossa alma e esperança, tanto para a semifinal do Carioca quanto para o restante da temporada.

Desde que chegou ao Fluminense, Levir Culpi possibilitou uma melhora na postura e no posicionamento. Fez o time mais ofensivo. Os resultados vieram e não serão as frescuras de um ídolo ou uma derrota para o Vasco que impedirão a continuidade dessa evolução.

Levir ainda nos trouxe descontração e merece muito que o time conquiste esse título hoje. Com ele, também o grupo de jogadores, que respondeu com brio e responsabilidade à sua filosofia mais ofensiva. Com eles, o principal: nós. Uma torcida que amarga mais de três anos de picuinhas, de falta de comando do presidente Peter, de erros no comando do departamento de futebol e de derrotas.

Sim, precisamos e merecemos gritar “é campeão!” essa noite. Vence o Fluminense, com amor e com vigor. Para alegrar os ares! Porque, após a tempestade, vem a bonança.  Merecemos e precisamos.

 Toques rápidos

– Após dias se oferecendo e negociando com outros clubes, Fred aceitou fazer a primeira coisa que deveria ser feita diante da sua insatisfação e desconfiança: sentar e conversar com Levir Culpi.

Apesar de entender a alegria dos tricolores que ainda nutrem por ele o sentimento de admiração, ouso afirmar que sua permanência só será benéfica para o time se ele entender que ele não é mais o presidente de fato, porque os resultados bisonhos de 2014 e 2015 fizeram o presidente de direito (Peter) ser obrigado a retomar as rédeas do clube. Se quiser ser presidente, encerre a carreira, se prepare e se candidate.

Fred também precisa entender que sua história gloriosa no clube lhe garantiu uma idolatria (que ele tem cuidado pessimamente) e seu nome eternizado no Fluminense, mas não a titularidade cativa no time, mesmo sem mínimas condições físicas de praticar futebol profissional. A continuar esse Fred que se arrasta em campo, fica quase impossível contar com o outro, o que arrasa em campo com seus gols.

– Richarlisson voltou. Está relacionado pra hoje. Tem tudo para deslanchar e ganhar a vaga de um ataque que tem um Fred mal fisicamente e os oscilantes Osvaldo e Marcos Jr (um jogo bom para dez ruins). Sucesso para ele!

– Final: o Fluminense tem dependido muito do Gérson. Não sai uma jogada bem trabalhada sem passar pelos pés dele. Cícero tem aparecido pouco no apoio, é outro que tem essa capacidade. É preciso que eles estejam inspirados essa noite.

– O perigo do adversário: Marcos Guilherme é um meia-atacante que deve ser marcado sob pressão. É o mais perigoso jogador do Atlético-PR, não pode ter o corredor no meio para se infiltrar. Haja gás para Pierre anulá-lo. Nikão, de vez em quando, acerta uns chutes de fora da área que na atual situação (lentidão) do Cavalieri precisam ser evitados. Walter e Vinícius nós conhecemos bem.

– Vamos, para cima, Fluzão! Ao título!

Abraços,

Panorama Tricolor

@Panoramatri @CrysBrunoFlu

Imagem: CB / PRA

 

5 Comments

  1. Que saudade de gritar Campeão, dia 08 de maio tem outro…para desespero da ferj da gama.

    ST

  2. Gosto muito das suas analises, Cris. Entretanto, acho contraproducente ficarmos remexendo numa situacao que foi, aparentemente, resolvida. O Fred ficou, ponto. Conjecturar sobre as razoes da sua permanencia nao constroi. Esta mal, fisica e tecnicamente? Sim. Pode recuperar-se e voltar a ser decisivo? Tambem. O titulo veio. Por ironia, com um gol do Marco Junior. Comemoremos, pois! E o Scarpa, nosso Rubem Galaxe do seculo XXI, qual a sua importancia dentro desse time, na sua visao?

Comments are closed.