Peter Siemsen no CDel em 18/12/2014 (por Marcus Vinicius Caldeira)

peter26

Ontem, 18/12, teve reunião do Conselho Deliberativo para aprovação da nova camisa numero 1 de jogo e para explanação do presidente Peter sobre os planos para 2015.

Sobre o primeiro ponto de pauta, a camisa ficou linda, tradicionalíssima e foi aprovada por unanimidade pelos conselheiros. Uma pena que será lançada somente em dezembro de 2015. Será praxe agora a aprovação vir bem antes do lançamento.

O segundo – e mais importante ponto na pauta do conselho – foi a explanação do presidente Peter Siemsen sobre o ano de 2015 e o futuro próximo do clube, agora em uma nova etapa sem o grande aporte financeiro que a Unimed dava. Peter fez o balanço do ano de 2014, falou sobre vários temas tais como novo patrocínio, mercado do futebol, divisão futebol e clube social, CT, parte financeira e fiscal e etc, dando um apanhado geral da situação e perspectivas do Fluminense.

Tentarei fazer um resumo aqui dos principais pontos:

SAÍDA DA UNIMED

O presidente falou que, apesar de que 2014 já estivesse apontando para a saída do patrocinador pelas suas dificuldades financeiras, estava negociando com o mesmo para ocupar um espaço menor na camisa, indo para as mangas, mas que infelizmente a empresa decidiu encerrar o patrocínio. Entende que o ideal seria que o encerramento se desse em 2016, mas que está preparado pra enfrentar essa nova realidade e que o clube vinha se preparando para tal.

NOVOS PATROCÍNIOS

O presidente disse que, apesar do mercado de patrocínio no Brasil estar muito ruim, tem conversas com outros quatro patrocinadores e que conseguiu dar uma resposta rápida à saída da Unimed com a empresa Mate Vitton 44.

SITUAÇÃO FINANCEIRA, DÍVIDAS E PENHORAS

Peter afirmou que o Fluminense é um dos poucos clubes que diminuíram suas dívidas e citou o exemplo do Cruzeiro que aumentou em 300 milhões sua dívida nos últimos 3 anos. Que o clube vem pagando religiosamente impostos e as parcelas do Ato Trabalhista, Timemania e Refis; contudo, ainda tem uma pequena dívida com cinco jogadores.

COTAS DE TV

O mandatário do clube reafirmou sua posição contra essa política de cotas estabelecida pela TV, que teve que assinar pois o FLuminense não se encontrava em posição financeira boa à época (era isso ou morte), que os clubes que são prejudicados precisam se unir para combater essa questão. Peter disse que, por nunca em sua gestão o Fluminense ter pedido adiamento de cota da TV, o clube será o único em 2015 a receber a mesma.

PRÉ TEMPORADA NOS EUA

Peter afirmou que foi uma opção do Fluminense visando a internacionalização da marca. Informou que o futebol já é o quarto esporte mais assistido por lá, que tem 24 milhões de atletas praticantes com menos de 18 anos e é um dos maiores centros econômicos do futebol hoje. Falou também que o torneio será transmitido para mais de 100 países.

PERMANÊNCIA DO CRISTÓVÃO

Peter avaliou positivamente o ano do Cristóvão, apesar de considerar algumas derrotas como terríveis. Disse que o treinador é querido pelos jogadores e segurou bem a crise no vestiário. Que aceitou reduzir o salário nos próximos seis primeiros meses, o que é bom pro clube e para ter mais moral no vestiário nessa nova fase de transição.

DIVISÃO FUTEBOL x CLUBE SOCIAL

Peter considera o modelo de clube no pais ultrapassado e entende que é preciso mudar se possível até para o modelo de SA.

TERCEIRIZAÇÃO DO SOCIO FUTEBOL E JACKSON VASCONCELOS

O presidente disse que estuda alguns modelos de terceirização parcial do serviço principalmente no que diz respeito ao CRM. E que Jackson não trabalha nem voltará a trabalhar pelo clube.

PGFN

Peter lamenta muito que em, mais uma vez em que o clube faz o seu dever de casa e está preparado para entrar o ano com a questão da dívida equacionada, vem mais este ato que foge o bom senso da Procuradoria ao querer pegar todo o dinheiro da venda do Wellington Nem. Que é uma questão de interpretação e que o clube já prepara sua defesa.

MARACANÃ

Peter falou que vai lutar para fazer valer o contrato com o Maracanã e que foi ele quem acabou com esse vai e vem de lado que a torcida do Flu passava em jogos no estádio.

JOGADORES COM CONTRATO COM A UNIMED

Peter falou que acredita que Celso Barros vai cumprir com o que disse e que o clube prepara para assumir dois destes contratos integralmente.

CT

Informou que o problema hoje é a questão da fundação do terreno, tanto na parte burocrática quanto na aquisição das pedras para assentar o terreno, e que trabalha para pelo menos entregar essa parte concluída à próxima gestão.

RESUMO

Achei o Peter bastante otimista para enfrentar esse momento delicado, que ele chama de transição, para o futebol em 2015 e sinto ele bem preparado para seguir tocando a parte financeira do clube que, sem dúvida, será seu maior legado.

Teremos de novo mais essa luta contra a PGFN e será preciso a união de todos. Peter inclusive pediu isso na reunião e inclusive elogiou a postura da oposição (minoria no conselho) de críticas construtivas e sem agressões na reunião.

De minha parte, seguirei dando o apoio crítico a gestão, por entender o trabalho sério de reordenamento financeiro e por acreditar que Mario Bittencourt e Fernando Simone possam vir a realizar um bom trabalho à frente do departamento de futebol no ano que vem.

É hora de união de todos os tricolores.

Que nossos gestores consigam tomar as melhores decisões para o clube e que cada tricolor possa ajudar de uma forma ou de outra nisso nem que seja pela crítica construtiva.

O momento pede isso.

O Fluminense somos todos nós.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @mvinicaldeira

Imagem: uol

pontos de venda

9 Comments

  1. A MEU VER ESTÁ TUDO ÓTIMO E SÓ NÃO ESTÁ MELHOR PORQUE NOSSA TORCIDA, EM VERDADE, AINDA NÃO CHEGOU AO PATAMAR DE 40MIL TORCEDORES, PORQUE TORCEDOR QUE NÃO É SÓCIO É APENAS SIMPATIZANTE.

    UM CLUBE COMO O FLUMINENSE ERA PARA TER NO MÍNIMO 100MIL SÓCIOS TORCEDORES, AINDA MAIS TRATANDO-SE DE UMA TORCIDA QUE PODE PAGAR R$30,00 POR MÊS!

  2. Belo trabalho Presidente Peter. Cabe agora aos nossos torcedores demonstrarem o seu amor pelo Fluminense e chegarmos a 100.000 sócios torcedores! ST!

  3. A nova camisa 1, será lançada somente em dezembro de 2015? Então vamos usar a mesma camisa durante 3 anos? 2013-2014-2015

  4. Pelo que está escrito como resumo do pronunciamento, estaria tudo certo. Ocorre que o pronunciamento oficial não encontra eco, fruto de uma comunicação incipiente. Vamos melhorar a comunicação e teremos mais sócios, arrecadando mais e crescendo no conceito perante a torcida. Creio que a luta, agora, deve ser intensificada para que não prospere a espanholização do futebol brasileiro e que o Peter encampe-a, se redimindo, já que foi um dos artífices da implosão do clube dos treze. ST

  5. Muito bom esse feedback de voces,pra ficarmos por dentro do dia a dia do clube.
    Parabens,Caldeira.

Comments are closed.