O desafio do Fluminense no Morumbi (por Paulo Rocha)

Mesmo não sendo fruto de uma grande atuação, a vitória de 3 a 0 sobre o Avaí, na Ressacada, foi importantíssima para o Fluminense. Recuperou o ânimo da equipe, garantiu-a no G6 ao término da nona rodada do Campeonato Brasileiro e trouxe confiança para o duelo deste domingo, contra o São Paulo, no Morumbi.

O Tricolor paulista será um osso duro para nós. Está em crise e o técnico Rogério Ceni vem recebendo inúmeras críticas pela timidez dos resultados. Contudo, o São Paulo possui jogadores que podem decidir uma partida a qualquer momento. O mais perigoso deles é o atacante Lucas Pratto, que merece atenção especial do nosso setor defensivo.

A volta de Wendel, que não enfrentou o Avaí, será de muita importância, encorpa nosso meio-campo e possibilita uma eficiente transição. Aliás, o setor pensante da equipe se tornou muito mais dinâmico com a efetivação de Marquinhos Calazans.

A defesa também ganhou reforços com as efetivações de Reginaldo e de Mascarenhas. O primeiro parece ser o cara ideal para formar dupla com Henrique; o segundo, se não tem a mesma capacidade defensiva de Léo, está muito a frente no que diz respeito ao apoio.

Resumindo: podemos voltar do Morumbi com um bom resultado – um empate, em minha opinião, até se  enquadra nesta categoria. Precisamos ter destemor e equilíbrio para tal. Aproveitar o momento tenso que vive o adversário e jogar a torcida deles contra o próprio time.

Existe, porém, a possibilidade de perdemos o duelo. Daí a importância de termos vencido o Avaí. Uma derrota para o São Paulo não detonará uma grande crise, o que ocorreria caso não tivéssemos derrotado os catarinenses. Mas não vamos pensar em revés. Podemos vencer sim, e vamos pensando desta forma.

xxxxxxxxxx

Forçado pelas circunstâncias, Abel Braga vai achando boas alternativas para os desfalques impostos pela desgastante temporada. Matheus Norton foi muito bem contra o Avaí e se tornou mais uma opção para eventuais baixas no meio-campo.

xxxxxxxxxx

Ao que tudo indica, o “árbitro de vídeo” deve ser adotado em pouco tempo. Finalmente. Vamos ver como determinados times, normalmente ajudados pelas arbitragens tendenciosas com o objetivo de manter anestesiada a massa imbecil, se sairão.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: rap

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres