Mix de emoções tricolores (por Babi Braga)

PROCESSO PARA DESTRUIR O LIVRO “DUAS VEZES NO CÉU”

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVROS “RODA VIVA” 1 E 2

Ser Fluminense é passar por fortes emoções. É esperança, é raiva, é amor, é raiva novamente…

Nossa temporada em 2017 – como sempre – nos trouxe um mix de sentimentos.

Eram cinco competições: os Fla x Flus de tirar o fôlego da final do Carioca, a eliminação para o Londrina na Primeira Liga, a derrota para o Grêmio na Copa do Brasil, e claro… chegar às quartas de final da Copa Sul-Americana, sendo eliminado novamente pelo nosso maior adversário

A esperança era o topo de tabela no Brasileiro, garantindo a Libertadores para 2018; eis que me indago: torcer para ir e sofrer, chorar e quase enfartar ou, mais uma vez, no meio de tabela?

É, sabe a história do mix de emoções lá em cima?

Quem se lembra de 2007? Vencemos a Copa do Brasil, garantindo uma vaga na Libertadores de 2008, que sofrimento! Que emoção!

Lembro-me de ver o Maraca lotado, chorar, ter sériso atacas cardíacos durantes os jogos, final e… vice campeão! Não está mal, vai… mas poderia ser melhor.

Veio 2009 e cadê aquele time que jogou a Liberadores no ano anterior? Sofremos, choramos… mas apoiamos! Acho que foi de longe (da minha geração) a campanha mais linda que acompanhei do meu Tricolor. A torcida era uníssona, era unida… era apenas O FLUMINENSE. Ufa! Escapamos e … 2010 CAMPEÕES!

Em 2011, uma boa colocação no Brasileiro e nova ida à Libertadores.

Em 2012… CAMPEÕES!

No ano de 2013 foi aquela história, o tal “tapetão” (nomeado pelos rivais) e aqueeeeeeeele sofrimento de novo.
Desde então… o Fluminense é meio de tabela no Brasileiro, sofrimento no Carioca (oi? No Carioca?), é time sem patrocínio digno para montar um bom time!

Temos a torcida no estádio, que hoje – EU, BABI – vejo um pouco separada, lutando por egos e esquecendo a principal função de estarmos ali: TORCER POR UM SÓ OBJETIVO, QUE É O FLUMINENSE.

Mas somos o verde da esperança. Estamos aí para passar por esse mix de sentimentos, para torcer, para chorar, para gargalhar… somos O FLUMINENSE.

O pior já passou. Que 2018 seja bem diferente e para melhor.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: babi

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres