Fluminense 3 x 0 Macaé: atuações (por Mauro Jácome)

1º TEMPO

Depois de muitas trocas de passes em busca de espaços para chegar ao gol do Macaé, aos 15’, Richarlison recebeu na intermediária, avançou e soltou o pé. A bola explodiu no travessão. O Fluminense continuou cercando a área adversária, mas não estava fácil furar a retranca. Ainda, o Macaé encontrava alguns buracos, principalmente pelo lado de Léo. Aos 32’, Pedro saiu da área, viu Richarlison entrando em diagonal e lançou. Richarlison recebeu, olhou o goleiro e rolou mansamente para o fundo das redes. 1 x 0. Depois do gol, o Fluminense tomou conta do jogo e passou a treinar opções de ataque.

2º TEMPO

O ritmo de treino continuou tamanha a facilidade com que o Fluminense trabalhava. Richarlison, Pedro, Wellington e Sornoza se movimentavam muito e criavam espaços. Dessa forma, aos 7’, Sornoza roubou uma bola, passou como quis por um adversário, chegou na cara do goleiro Milton Raphael e tocou com muito estilo. Dez minutos depois, o equatoriano aprontou mais uma: recebeu de Pedro no meio-campo, deu uma meia-lua no adversário, avançou, parou, esperou os companheiros se posicionarem e virou para Wellington fazer o terceiro. O Fluminense manteve a forma de jogar, com muitas trocas de passes. Com um pouco mais de sorte, Pedro teria feito e dele e o placar poderia ter sido maior.

DIEGO CAVALIERI

Aos 10’1ºT, pegou um chute forte da entrada da área. Aos 25’1ºT, dividiu na pequena área e evitou o primeiro gol. No segundo tempo fez mais uma defesa.

LUCAS

Estava fazendo falta. É muito superior a Renato. No segundo tempo, cansou por causa dos jogos inativos. É o titular absoluto da posição.

RENATO CHAVES

Sem muito trabalho atrás, foi visto mais na área do Macaé.

HENRIQUE

Atuação tranquila pela falta de adversário. Depois foi para o meio-campo. Conforme disse Abel, pode ser uma boa opção para jogar de volante.

LÉO

Desenvolveu bem entre as duas intermediárias, mas não chegou ao fundo. Muitas vezes, a dificuldade de avançar de forma mais aguda faz falta.

WENDEL

Muito dinâmico. Protegeu a zaga, distribuiu a bola e chegou na área do Macaé. Está se revelando uma excelente opção para Douglas ou Orejuela. Pode entrar tranquilamente e ninguém sentirá falta dos titulares.

MARQUINHO

Destoa do restante do meio-campo. Não faz nada além de um feijãozinho-com-arroz muito sem graça.

NOGUEIRA

Entrou perto do fim, com o jogo decidido, e não teve o que fazer.

SORNOZA

Movimentou-se muito, chamou a bola para organizar a troca de passes. Responsável por consolidar a vitória com dois dribles que o deixaram em condições de fazer um e dar uma assistência. Sobe de produção a cada dia.

RICHARLISON

Cresceu muito com a chegada de Abel. Correu por todos os setores do campo de ataque. No primeiro gol, percebeu muito bem a saída de Pedro e se infiltrou pelo comando de ataque. Teve tranquilidade para olhar o goleiro e tocar fora do alcance. Precisa ter mais calma no combate, pois toma muito cartão e pode desfalcar o time em jogos importantes.

MARCOS JUNIOR

Não acrescentou.

WELLINGTON SILVA

Também procurou os espaços pelos lados e pelo meio. Está voltando a praticar o bom futebol do começo da temporada.

PEDRO

Tem muita visão de jogo. Sabe buscar a bola no meio e fazer assistências. Não fez gol, mas participou de inúmeras jogadas em que distribuiu bolas para os companheiros. Tecnicamente, é muito melhor do que Henrique Dourado. Já está com 70% da vaga de titular.

HENRIQUE DOURADO

No primeiro lance depois da entrada, chutou bem e quase marcou. Só.

ABEL

Além de montar um time competitivo, exige compromisso até o fim do jogo. Tem o grupo na mão e todos o respeitam. Isso é fundamental. Sabe mexer durante o jogo e mudar o panorama.

MACAÉ

Não existe.

ARBITRAGEM

Jogo fácil de apitar: só tinha um time em campo.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

Imagem: com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres