Fluminense 1 x 0 Santos (por Marcelo Vivone)

Fluminense-Santos-Foto-Paulo-SergioLANCEPress_LANIMA20140720_0185_50

1º tempo

O time foi muito mal nessa etapa do jogo. A mesma lentidão irritante do jogo anterior e o mesmo problema de total falta de velocidade e movimentação do ataque.

O time do Santos começou melhor e quase marcou já aos 4 minutos de jogo. Depois desse lance, conseguimos equilibrar o jogo e, pelo menos, não sofrer mais ataques de perigo do adversário.

Os 40 minutos a partir daí seguiram mornos e pouco interessantes.

Nosso time não criou sequer uma oportunidade de gol.

Individualmente se salvaram a dupla de zaga, Chiquinho e Wagner. Não que esses jogadores tenham feito uma bela partida, mas pelo menos nossa zaga mostrou-se firme, Chiquinho foi nossa única jogada de velocidade, partindo 2 ou 3 vezes da defesa e abrindo a defesa adversária através de jogada individual. Wagner, por sua vez, foi o único que tentou se movimento no nosso ataque e fez algumas jogadas de tabela pela lateral.

A bola aérea parece ser a única possibilidade que tem o time de marcar. Mas praticamente todas as cobranças foram mal feitas e, portanto, desperdiçaram essa qualidade que tem o time.

2º tempo

Cristóvão tirou novamente Walter no intervalo.

E o time começou o 2º tempo com mais vontade de vencer. O meio de campo se movimentando melhor e Bruno participando mais das jogadas ofensivas.

Aos 9 minutos fomos claramente prejudicados pelo juiz. Gol legítimo pessimamente anulado. Segundo jogo seguido em que o soprador de apito interfere no resultado da partida e novamente contra nós.

Aos 17 não deu para o juiz, ele foi obrigado a marcar nosso gol. Gol não. Golaço de Conca, que ainda que não tenha feito boa partida, é craque e definiu. Vale ressaltar o papel que Samuel teve no lance. Brigou muito por uma bola chutada para o alto e conseguiu deixá-la para o argentino finalizar.

Depois do gol, corretamente Cristóvão trocou Sobis por Kenedy, para que o time tivesse condição de passar a jogar no contra-ataque, já que, naturalmente, o Santos passaria a se lançar ao ataque.

Aos 30, Henrique tirou uma bola em cima da linha. Quase gol do Santos. Nossa opção pelo contra-ataque até então não deu resultado.

Aos 32, Valencia entrou no lugar de Wagner, com a intenção de fechar nossa defesa e deslocar Cícero para a função de meia.

Nos 15 minutos finais o Fluminense sofreu forte pressão e não soube aproveitar os espaços deixados pelo Santos. Aos 45 minutos, nosso ex-jogador Arouca quase empatou.

Conquistamos os 3 pontos suados e chegamos à 3ª colocação do campeonato. Valeu muito o esforço e a dedicação do time na 2ª etapa.

Os melhores em campo foram os zagueiros e Conca. O argentino não fez uma boa partida, mas sua genialidade nos deu a vitória. Por isso, está entre os melhores. Samuel entrou bem, mostrando, pelo menos, boa movimentação. Com a péssima forma física que tem demonstrado Walter, creio que Samuel deve ser escalado como titular no próximo jogo.

Nosso meio de campo esteve melhor na 2ª etapa porque se movimentou mais. No 1º tempo, apenas Wagner procurou se desmarcar. Conca, craque que é, acabou definindo o jogo, mas no 1º tempo esteve muito parado e errando passes em demasia. Muito longe do seu padrão de jogo. É verdade que um ataque lento como o nosso prejudica demais o argentino, mas ele não pode ter tão pouca movimentação em campo.

Em relação ao restante do campeonato, não dá para insistir num ataque formado por Walter e Sobis, ou Fred e Sobis. O estilo de jogo do Sobis mata qualquer atacante de área. Walter e Fred precisam de jogadas de linha de fundo em velocidade, seja de um atacante ou dos laterais.

Nossos 2 cabeças de área, jogadores que sabem jogar, precisam chegar mais no ataque como elementos surpresas. Ambos têm praticamente se dedicado ao setor defensivo e à saída de bola. É muito pouco para jogadores do nível de Cícero e Jean. Ambos têm qualidade para chegar com muita qualidade ao ataque e devem ser decisivos no papel de abrir a defesa adversária. Cícero tem ainda um forte jogo aéreo que não está sendo aproveitado.

Continuo no aguardo da posição da nossa diretoria em relação à contratação do atacante de velocidade. Preocupa-me muito o silêncio sepulcral de Laranjeiras a esse respeito. É necessário ter no elenco um jogador que possibilite alternar nosso padrão de jogo de toque de bola para o de velocidade

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MVivone

Imagem: http://www.lancenet.com/

2 Comments

  1. Boa Noite,

    Nossa defesa é frágil e nossos jogadores do meio não marcam bem.
    Acho que por conta disso, Cristóvão tenta compactar a equipe para proteger a defesa mas nos torna lentos e segura jogadores de chegada na frente.
    Acho que deveríamos ter um cabeca de area mais marcador no lugar do Wagner para liberar mais Cícero e Jean.
    E Sóbis não tem mais como ser titular absoluto!
    Nosso elenco é bom mas é heterogêneo. Temos muitos medalhões para umas posições enquanto outras, nem reserva.

  2. Marcelo, em alguns lances o Chiquinho mostrou que a velocidade ajuda muito a se livrar da marcação. Concordo com você, Sobis não pode ser companheiro de Fred no ataque. Ano passado Sobis jogou bem, mas seu parceiro não era Fred ou Walter, quem jogou a maior parte do tempo foi Samuel que tem mais velociade e isso acabou ajudando o estilo de jogo do Sobis.
    Cicero, Jean e Wagner não gosto deles juntos, acho que um tem de sair pra entrada de Valência ou Diguinho, nesse caso meu voto é Jean.

    S.T

Comentário