Fluminense 0 x 1 Botafogo: atuações (por Mauro Jácome)

INFORMÁTICA PARA PEQUENOS E MÉDIOS AMBIENTES

O jogo começou com os dois times procurando chegar ao gol adversário pelos lados do campo. O Fluminense errava muitos passes na saída da defesa para o ataque. O Botafogo teve boa chance numa jogada em velocidade pelo lado do Mascarenhas. Júlio Cesar defendeu. O Fluminense chegou com Pedro e Wellington Silva. O Botafogo mandou uma na trave. Aos poucos, o alvinegro foi tomando conta do jogo. O Fluminense não tinha saída de bola. Júlio César se virava. No entanto, num escanteio, Roger cabeceou e abriu o placar. Exceto numa arrancada de Gustavo Scarpa, que bateu perto, o Fluminense não conseguia criar.

Com Calazans, o Fluminense tentou melhorar a movimentação, mas o Botafogo marcava bem. A transição era muito lenta. Na vontade, o Fluminense foi para cima do Botafogo, que recuou. Teve uma grande oportunidade aos 34’, num cruzamento de Lucas, Matheus Alessandro subiu só e cabeceou na trave. Os minutos finais foram no meio-campo.

JÚLIO CÉSAR

Uma defesa sensacional aos 8’1ºT, quando saiu nos pés de Marcos Vinícius. Outra aos 36’1ºT, também de Marcos Vinícius, numa virada. No gol de Roger, não teve chances de reagir. Assistiu ao jogo no segundo tempo.

LUCAS

Com a presença de Rodrigo Pimpão, não conseguiu sair para o ataque. No gol de Roger, se encolheu em vez de ter ido na bola. Na vez que chegou ao fundo, colocou a bola na cabeça de Matheus Alessandro.

REGINALDO

Não subiu no gol de Roger. No segundo tempo, o Botafogo pouco chegou.

HENRIQUE

Muito trabalho com a facilidade com que o Botafogo chegava na área no primeiro tempo. Virou atacante no final.

MASCARENHAS

Com dificuldades na marcação, o Botafogo levou perigo pelo seu lado. Na frente, chegou mais no segundo tempo, mas sem criar nada de importante.

MATHEUS ALESSANDRO

Deu mais animação ao time tricolor. Foi para cima e tentou construir as jogadas na base do drible. Teve uma grande chance, mas cabeceou na trave.

OREJUELA

Tentou conter a troca de passes na frente da área no primeiro tempo, mas não foi feliz. Na etapa complementar teve vida mais tranquila, mas pouco contribuiu na frente.

WENDEL

Sempre que pegava na bola para fazer a transição, tinha pelo menos dois adversários na marcação. Errou passes e não chegou com perigo ao gol de Jefferson.

GUSTAVO SCARPA

Muito abaixo do que já rendeu. Errou muitos passes fáceis, tentou bolas laterais. Uma boa arrancada no primeiro tempo e só. Poderia ter procurado outras oportunidades para bater de fora da área.

RICHARLISON

Cai, levanta, cai, levanta, cai…

WELLINGTON SILVA

Uma jogadinha de efeito aqui, outra ali, mas faltou objetividade.

LUCAS FERNANDES

Pouco pegou na bola.

PEDRO

Teve uma boa chance no primeiro tempo, mas foi caindo antes de chutar. Ainda não tem estrutura para um jogo desse porte.

CALAZANS

Entrou para correr pela intermediária do Botafogo. Depois foi para a lateral.

ABEL

A saída de Calazans foi uma surpresa. Pedro foi a opção para o lugar de Henrique Dourado.

BOTAFOGO

Confia num sólido sistema defensivo.

ARBITRAGEM

Sem problemas.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

Imagem: jam

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres