Pela volta da esperança (por Paulo Rocha)

As três derrotas seguidas no Brasileirão fizeram com que a tempestade continuasse. Somente uma vitória sobre o Santos, no Maracanã, trará ao Fluminense relativa paz durante o recesso para a Copa do Mundo. É pelo que os verdadeiros tricolores anseiam com fervor.

Aliás, bendito recesso. Nosso elenco de cobertor curto não aguantaria o ritmo. A parada nos dá o direito de acreditar que algo será feito para que não tenhamos mais do mesmo, ou seja, sofrimento até as últimas rodadas.

Possuímos um time titular até razoável, embora falte um armador de criação para revezar com Sornoza – ou melhor, jogar ao lado do equatoriano. Mas o primeiro reforço seria a regularização dos vencimentos do grupo. Um reforço e tanto.

Em razão do momento, espero que o Fluminense acerte logo a vinda de um substituto para Paulo Autuori. Desde que o cargo de “pára-raios” está vago, todo dia um problema surge para Abel resolver. E essa não é a função dele.

A possibilidade de envolver Scarpa em algum negócio é bastante interessante. Nem que seja para entrar uma grana. Garanto que nenhum torcedor do Fluminense – digo torcedor de verdade – admite ver esse malandro com a camisa tricolor outra vez.

Pois é amigos, vamos torcer por uma vitória sobre o Santos e dar uma pausa para assistir a Copa do Mundo. Ela veio em boa hora, volto a dizer. Ver o nosso clube ser massacrado no noticiário todos os dias está chato demais.

Voltaremos após o Mundial da Rússia para, quem sabe, ver um Fluminense melhor, menos bagunçado, menos refém da negatividade. Que as energias boas possam se aproximar de nós neste período. Eu sempre vou acreditar. O mundo dá voltas. Saudações Tricolores.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: pan

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres