Especialidade da casa (por Mauro Jácome)

Especialidade da casa

A torcida fazendo contas, comprando ingressos, pegando engarrafamentos, atendendo ao apelo dos jogadores. E o que eles fazem? Papelão!

Pior do que o resultado trágico foi a falta de compromisso com o torcedor, que se sentiu traído, enganado, por aqueles almofadinhas com os bolsos cheios e que estão só esperando a hora de pegar o avião para a Disney de férias. Não bastasse o fim de 2013, agora, América de Natal e Chapecoense não vão ser esquecidos tão cedo.

Hoje, tem Sport. Esperar o quê? Aliás, acho que, para a maioria, pouco importa. Isso é o pior. Não é a primeira vez que escrevo, tão pouco sou o único: LIMPEZA TOTAL.

Falar mais o quê? Vão pro inferno!!!

Antagonismo

O iminente rebaixamento do Botafogo em 2014, Fluminense e Vasco terminarem o Brasileiro de 2013 entre os quatro últimos e o Flamengo batendo na trave há anos são ingredientes para os torcedores se deliciarem com as gozações. No entanto, isso é péssimo para o futebol carioca. A demonstração de fragilidade, de desorganização, de falta de planejamento, entre outras coisas, gera um anti-marketing que atrapalha a todos.

Soma-se a isso tudo o que vimos nesta semana na reunião da Federação: não há propostas imediatas, ou seja, 2015 vai ser mais um estadual mequetrefe. Pode ser que em 2016 alguma coisa mude. Os clubes não se unem nem para se salvarem. Melhor morrer todo mundo do que se sentarem e pensarem em algo bom para todos.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @MauroJacome

O ENGENHEIRO E A ESFINGE 19 11 2014

3 Comments

  1. Segundo entrevista recente do Presidente da FERJ, o Fluminense não mandou ninguém para o tal Fórum organizado pela entidade.

    Devem estar muito ocupados comemorando o REFIS e o Ato Trabalhista.

    E o assim chamado presidente deve estar cuidando da montagem de sua nova moradia nos EUA.

  2. Falta vergonha desses pseudo -dirigentes que não ligam para futebol. Entram nesse mercado sem conhecimento de causa, ludibriam milhões de torcedores e que buscam somente a autopromoção. Reformulação já . Chega de Cristóvão, Fred, Sóbis, Elivélton, Fabrício, Carlinhos, Duguinho dentre muito outros. Futebol exige profissionalismo e não a baderna hj que é o Flu onde um jogador acha que pode mandar em tudo.

  3. Muito bom, nao mudo uma palavra, só acrescento, que dê Sporte, quero Cristivao foraa do clube.

Comments are closed.