Eu prometo empenho (por Francisco da Zanzibar y Zanzibar)

DOWNLOAD GRÁTIS – LIVROS “RODA VIVA” 1 E 2

O momento é delicado, mas confio em pelo menos dois pontos conquistados hoje e quarta, para que o nosso Fluminense chegue aos 45 pontos e liquide a fatura nas três partidas finais, contra Ponte Preta, Sport e Atlético Goianiense. Tenho fé em Deus, sempre do lado do povo e na luta contra a corrupção.

Sei que a nossa gestão tem falhas e prometo me empenhar ao máximo para que 2018 seja diferente. Precisamos de pelo menos dois belos jogadores para reforçar o elenco. Acredito que temos uma boa base de beninos.

Ser tricolor é entender que o momento é de união contra o mal, e não ficar de viadagem por causa de política do clube. Nada pode ser mais cafona, meus sais! Ficar dizendo que o candidato X teria feito mais é querer fazer o outro de idiota. Ou alguém aqui acredita que teria um time melhor com William Matheus, Danilinho e Wellington Paulista? Até para ser otário tem limite. Agora, o torcedor está bafônico com essa conversa de falta de dinheiro. Se fosse o Caetano Veloso, gritava: “Vamos contratar nessa porra!”. Já avisei o querido presidente: tem que reforçar o time. Não interessa o que pensam os beninos bobos da situação e oposição, que era situação ano retrasado. Parem de boiolice e torçam pelo Fluminense, meus amores! Parem de babaquice na internet e vão arrumar uma pessoa em suas vidas, bando de cafonas!

Prometo usar todo o meu prestígio para melhorar o Fluminense em 2018. Temos que voltar a ser o Time de Guerreiros, como se fossem os deuses nórdicos, másculos, brutos, para os adversários terem medo de fazer xixi nas calças.

Para terminar, eu posso bater no peito: sou um dos maiores democratas da história do Fluminense. Alva escreveu um livro cheio de barbaridades e me usou como personagem de todas elas. É claro que não fiz nada daquilo, é tudo brincadeira, por isso não fiz nenhuma censura contra a obra. Viva a liberdade! Quem quer destruir livros tem mais é que ser destruído, porque não serve nem para adubo na chácara da minha velha tia Genara. Meu apoio ao libro do Andel e espero poder ir ao lançamento nesta terça-feira. Compareçam, porque ser tricolor é abominar o nazismo, e nada mais nazista do que querer destruir livros. Nazista bom é nazista empalado.

Fiquem com Deus e que façamos pontos no Mineirão e no muquifo de Itaquera.

Do seu amigo, seu político, seu conselheiro, seu blogueiro, seu macho man másculo Francisco da Zanzibar.


Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: pan/rossi

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres