Diego Souza, a incógnita (por Thiago Muniz)

diego souza alexandre cassiano o globo

Meu caro (a) amigo (a) tricolor,

Vimos o filme se repetindo mais uma vez.

Por mais que o senhor Diego Souza tente se livrar do rubro-negro, o dito cujo não larga dele. Isso é uma constatação, um fato.

Um craque, maluco, mas um craque.

Que amadureceu muito tecnicamente nos últimos 10 anos, mas nada mentalmente.

Tinha bola até para ir a uma Copa do Mundo, mas o seu lado psicológico não permitiu que crescesse como jogador. Talvez até disputar a Champions League por um clube português ou francês pudesse ser uma realidade.

Não fui favorável à sua vinda por conta do que fez no passado, mas vinha jogando muito no Sport e o Fluminense precisava de um 10 experiente no meio.

Gostei do que vi dele em alguns jogos, principalmente quando destruiu o Cruzeiro, mas em outros, talvez por ter que jogar improvisado de centroavante – no lugar do Todo Poderoso Visconde de Teófilo Otoni, se desmotivou.

Mas isso são só suposições, nada além disso.

O ar de Recife lhe fez bem: vai nadar com os tubarões rubro-negros, porque é o lugar que procura.

Uma pena, pois poderia contribuir muito para a equipe do Fluminense, mas cada um possui as motivações e fardos que merece.

Acaba sendo uma incógnita porque é um jogador com mente fraca.

O que resta é o Fluminense correr atrás de um camisa 10 com atitude e coragem de assumir com responsabilidade. Quem sabe a Dryworld banca essa idéia?

E vamos tocar o barco. Primeira Liga vem logo amanhã e a vitória chegará.

Com ou sem Diego Souza.

@PanoramaTri

Imagem: Alexandre Cassiano/O Globo

3 Comments

  1. Curioso… talvez seja uma maldição da camisa dez, pois não há um que consiga se firmar.
    Tudo certamente uma grande coincidência.

  2. Pois é, será que repatriar o Thiago Neves seria uma boa solução?

    Cenas dos próximos capítulos.

  3. Diego Souza, boa sorte no Sport Recife! Com certeza, lá é o lugar certo para os “comuns”. É aquele velho ditado: “Em terra de cego, quem tem um olho é rei”.

Comentário