De volta (por Juliana Rolhano)

gira mundo

O mundo de tantas voltas.

O mundo de tantas voltas traz o frescor de vitórias seguidas.

Uma certeza da vida é que a mudança sempre vem. E ela veio.

Um dia, estamos por baixo, chorando mágoas e tristezas. No outro, eufóricos gritando e exteriorizando a alegria.

Se existe convicção da alegria na vitória, seria demais pedir sempre por ela?

Seria demais pedir pelo que é bom?

O mundo de todas as voltas.

O mundo de todas as voltas expõe o que existe de mais verdadeiro, o amor.

Se as engrenagens estão em perfeita harmonia, lá ele estará.

Se tudo desabar e virar uma pilha de escombros, lá ele estará também.

Ele é o único que não muda. Segue sua constância numa reta sem fim.

Ele é o elo que une todas as pessoas. Que une todos os torcedores.

Une os tricolores.

Um amor sentido e visto de maneira pura. De maneira sincera. Jamais visto em raça semelhante.

Nada é forçado.

Amam quando está no topo, mas ainda continuam amando quando lá não está.

O mundo que gira e se transforma, mostra a cor do amor.

Para uns ele é vermelho. Para outros é a junção de todas as cores.

Para os tricolores de alma, ele é verde, branco e grená.

O mundo dá voltas.

Os guerreiros aproveitam e se alegram: estão por cima!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres