Constatações que sucedem o Fla x Flu (por Paulo Rocha)

Pois é meus amigos, mesmo com um time reserva, jogamos bem e poderíamos ter saído de campo com uma vitória que colocaria nossos rivais em seu devido lugar. No entanto, uma bobeira ao apagar das luzes permitiu que empatassem e se livrassem do vexame. Mas tudo bem, Fla-Flu é assim mesmo; o que realmente importa é que nossa camisa foi honrada.

Pude fazer algumas constatações após o clássico. Em minha opinião, Reginaldo merecia ser titular da zaga (é melhor do que Renato Chaves e do que Henrique). Ainda precisa de um pouco mais de experiência, mas é um zagueiro que mostra personalidade e não se intimida diante dos atacantes adversários.

Quem também jogou muita bola foi Luiz Fernando. Cumpriu com extrema eficiência sua função de proteger a defesa e ainda fez a transição com segurança. Tecnicamente é superior a Pierre e merece ser o reserva imediato de Orejuela .

Já Wendel, bem, este merece um comentário especial. Todas as vezes que atuou, o volante mostrou desenvoltura, é veloz, pensa com rapidez. O gol que fez foi um prêmio à sua belíssima atuação no Fla-Flu – foi, disparado, o melhor em campo. Como já escrevi anteriormente neste espaço, é melhor do que Douglas, um bom jogador, mas que cadencia o jogo em demasia.

Não sei se irão concordar comigo, mas a personalidade mostrada pelo Fluminense nos clássicos deste ano me remete a 1995, um ano inesquecível para nós. Éramos apontados como inferiores tecnicamente, contudo, fomos campeões cariocas e terceiros colocados no Brasileiro. Tínhamos um técnico que conhecia tudo de futebol, a exemplo de hoje.

O que pouca gente fala, ou quase ninguém, é que estamos brilhando sem nosso melhor jogador, Gustavo Scarpa. Quando  voltar, Abel terá que achar lugar para ele no time. Não deve ser tão difícil assim, haja vista que nosso camisa 10 é um jogador moderno e bastante versátil – já atuou até como lateral-esquerdo, lembram?

Bem, o Fla-Flu acabou, pegaremos o Botafogo na semifinal da Taça Rio e o Vasco, na mesma fase do Carioca. Na primeira, o empate é dos caras; na segunda, a que realmente importa, a vantagem da igualdade é nossa. Agora fica a pergunta: vocês preferem ganhar a Taça Rio, que não vale nada, ou que o time tenha uma semana de descanso para a reta realmente decisiva do Estadual? Lembrem-se de que disputamos, neste momento, quatro competições simultâneas. Mas estamos provando que temos elenco para isso. Valeu Xerém!

xxxxxxxxxx

O Liverpool pode estar na rabeira no campeonato nacional deles, mas sempre que uruguaios pisam o gramado do Maracanã a mística de 1950 os empurra para cima dos brasileiros. Vamos jogar com inteligência e que nossa torcida, que irá em enorme número ao estádio, tenha paciência caso o gol demore a sair. E que não pare um minuto de incentivar nossos jogadores. Eles merecem. E nós merecemos esse título sul-americano.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paro

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres