Combatendo os profetas do apocalipse (por Paulo Rocha)

INFORMÁTICA PARA PEQUENOS E MÉDIOS AMBIENTES

Mais uma segunda-feira repleta de especulações envolvendo nossos jogadores. A Lazio quer Richarlison, o Sporting quer Henrique Dourado….Engraçado. Só os nossos atletas atraem interesse dos clubes europeus. Não querem ninguém do Botafogo, do Flamengo, do Vasco.

Outra: não temos time para o jogo contra o Grêmio. Abel está desesperado, não sabe o que vai fazer. A situação do Fluminense está igual à do Brasil: uma merda. É o que pregam, veementes, as mídias das organizações globo e seus filhos de chocadeira.

O interesse da imprensa (marrom, cor de merda) em nos desestabilizar é gritante. Até o fato de termos mudado nossos treinamentos para o CT, que fica num local de, por enquanto, difícil acesso, fez os coleguinhas ficarem putinhos. Gostavam que os treinos fossem num local próximo à redação; era só atravessar o Túnel Santa Bárbara. Já o Ninho do Urubu fica igualmente longe, mas nenhum desses babacas reclama.

Permito-me fazer tais comentários embasado nos muitos anos em que trabalhei no jornalismo esportivo. Não escutei falar o que digo, eu presenciei, vivi essa porra. E sempre defendi o Fluminense; talvez por isso não tenha simpatia de muita gente desses veículos. Querem saber de uma coisa? Foda-se. Fiz muitos mais amigos do que inimigos na profissão.

Gostaria de comentar mais sobre bola e campo, como costumavam dizer os repórteres da minha época. Mas está difícil. Todo dia uma cachoeira de babaquice é despejada sobre nós. Dá vontade de nem ler, mas o compromisso que tenho comigo mesmo me impede. O amor ao Fluminense não me permite assistir a tanta covardia calado.

Estamos atravessando tempos difíceis, concordo. Sem verba de fornecedor esportivo e de patrocinador máster.  Mas não é o fim do mundo, já vivemos panoramas piores do que o atual. Vi nosso Tricolor se reerguer até quando afirmaram que não seria possível. E vamos triunfar novamente. O Fluminense, tal qual dizia Nelson Rodrigues, é eterno.

Encerro convocando a torcida tricolor a comparecer em peso ao Maracanã na quinta-feira para o duelo com o Grêmio. Precisamos muito da vitória se pretendemos manter a performance digna da equipe no Campeonato Brasileiro. Teremos desfalques? Sim, mas teremos também uma galera que incentivará nossa equipe do primeiro ao último minuto. E uma camisa que, apesar de toda inveja, babaquice e tentativas de sabotagem, tem que ser respeitada.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: paro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres