Com garra e com raça (por Thaiza Galvão)

IMG_20150416_230626

Eu amo o futebol, eu amo o fato desse esporte ser tão imprevisível dentro de campo. Quando você acha que vai ganhar, perde. Quando o pequeno vence o grande, como Davi e Golias.

Mas ultimamente tenho sentido um gosto amargo em minha boca ao assistir esse esporte tão amado, especificamente o Campeonato Carioca, competição que antigamente era abrilhantada e se via jogadores que realmente jogavam pela camisa, mas não vim falar de jogador algum, posso até citar um, o nosso Capitão Fred, que foi alvo e vítima capturada nesse campeonato de 2015.

Estamos vivendo uma ditadura dentro do esporte, um esporte tão forte, e que tem grande influência no mundo, e que sempre teve grandes histórias de superação, com super-heróis da bola.

Hoje em dia o futebol carioca está cheio de vilões, sim, vilões.

E o nosso capitão que é considerado e amado por grande parte da torcida tricolor, e até por torcedores rivais, foi atingido após ganhar uma expulsão injusta num clássico, que perdemos com a falta de um homem tão influente e importante dentro de campo.

Por dizer verdades, e nada além de verdades, foi PUNIDO.

Mas não foi o único. O nosso antigo técnico e atual técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, também foi punido ao dizer verdades sobre o campeonato.

Com tantos lances violentos em outros jogos, com tantos jogos duvidosos ao decorrer desse campeonato, Fred foi atingido por dizer a verdade. Será mesmo que esse campeonato é transparente?
Vivemos em um país democrático, então porque existe essa ditadura no esporte?

Onde nenhum atleta ou técnico de um time pode abrir a boca para criticar como as coisas estão sendo conduzidas?

Duas perguntas.

Por que diabos botariam um clássico de Fluminense e Botafogo no Engenhão? Um estádio em obras e com a capacidade reduzida.

Por que não o Maracanã reformado e com capacidade pra suportar um clássico como esse?

São tantas perguntas e nenhuma resposta, e acredito que continuaremos sem respostas até o fim do campeonato.

Devo confessar que eu não quero que esse campeonato acabe, até pela sua história dentro do futebol brasileiro. Meu desejo é que ele seja como antes, algo que eu sei que nunca mais vai acontecer.

Então que tenha uma renovação, onde tenhamos a certeza de que nossos times não serão prejudicados, onde nós tenhamos o gosto de ver o bom e velho futebol sem a preocupação de ser prejudicados ao decorrer do jogo.

Um renovação seria perfeita, total, onde o atleta e o torcedor seja respeitado.

Devo dizer que estou com orgulho do meu clube, por não compactuar com tudo que vem ocorrendo no campeonato, e que até sofre uma certa pressão por ser um clube que vem lutando contra essa falta de transparência dentro do futebol carioca.

Vamos seguir em frente, limpos e lutando com o vigor pelo esporte!
Por sermos a história, lutaremos até o fim.

Vamos com tudo time de guerreiros e torcida de guerreiros, o Botafogo nos espera e nós o esperamos também.

Vamos voltar ao Engenhão, onde levantamos nossas taças e fizemos aquele estádio tremer. Nossa segunda casa, porque o Maraca é nosso!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: ge

FB_IMG_1429357050901

1 Comments

  1. Babamos o ovo do Flamengo. Esquecemos do caso Lusagate. Merecemos perder. Esquecemos a máxima de que se é bom para o Flamengo, não pode ser bom para o Fluminense. A injusta expulsão de Fred no Fla-Flu pagou o seu preço no jogo de hoje no Engenhão. Lamentável assistir Peter ao lado de Bandeira de Melo.

Comentário