Todo clássico é uma decisão (por Paulo Rocha)

O duelo entre Fluminense e Vasco, neste sábado, no Maracanã, não possui favorito. O Vasco atravessa um mau momento, mas e daí? Está próximo da zona de rebaixamento, mas e daí? O novo treinador, Zé Ricardo, sequer estreará neste jogo, mas e daí? Nada disso faz o Fluminense favorito. Nesse tipo de partida, nunca existe favoritismo, pois todo clássico é uma decisão.

A derrota tricolor por 3 a 2, em São Januário, no primeiro turno, é emblemática. Vínhamos de vitórias sobre Santos e Atlético-MG e, no Carioca, havíamos dado duas porradas de 3 a 0. Até jogamos bem na Colina, chegamos a virar o placar, mas permitimos a reação nos momentos finais, nos quais os vascaínos jogaram com espírito de decisão. E, como eu já disse anteriormente, todo clássico é uma decisão.

Nunca é demais dizer que o Vasco é uma imensa pedra na nossa chuteira. No meu tempo de garoto, não, eram fregueses. Mas meu tempo de garoto já ficou lá para trás. A sorte (e por vezes a arbitragem) costuma estar ao lado do rival nos duelos contemporâneos. E olha que nesta temporada conseguimos batê-los, e bem, em duas ocasiões.

Podem pensar que estou com medo dos caras, mas não estou. Contudo, sei que será necessário o máximo de concentração para que possamos conquistar os três pontos e adentrar o G-6 do Campeonato Brasileiro. Tenho certeza que Abel orientou bem seus jogadores. O time está encaixando, vivemos um momento melhor e teremos vantagem na arquibancada. Mas clássico nunca tem favorito. E precisa, sempre, ser jogado com uma decisão.

xxxxxxxxxx

Finalmente Sornoza será relacionado. Parado há longo tempo, ficará no banco de reservas como opção. Abel disse que deve colocá-lo para jogar por 15, 20 minutos. Mas só a chance de vê-lo novamente em campo vestindo a camisa tricolor já me enche de otimismo. O “Papá” vai reaparecer na hora certa para nos ajudar no Campeonato Brasileiro e, principalmente, na Copa Sul-Americana.

xxxxxxxxxx

Sabíamos que seria impossível manter Wendel. Foi, talvez, a grande revelação do futebol brasileiro neste ano. Caso a diretoria consiga fazê-lo ficar pelo menos até o final desta temporada já será de bom tamanho. E que o dinheiro proveniente de sua negociação ajude ao Fluminense na reorganização de suas finanças.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

Imagem: ropa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres