Bagunçando o Laranjal 19 (por Fillipe Souza)

Eles voltaram! Após quase dois meses, os cornetas voltaram! Esse daí de cima estava adormecido desde o dia 25 de julho, quando o Fluminense perdeu sua invencibilidade para o Grêmio no Olímpico. Desde então, caíram em um sono profundo, pois não sabem o que é sexo, ficam em suas tumbas esperando o próximo revés para soltar o brado em alto e bom som: “EU JÁ VINHA DIZENDO!”. Onde meu caro ignóbil? Todos dizem que “vinham falando”, mas assim como Santo de óculos, ninguém viu.

Corneta que vêm do Latim Cornus Punhetuns, que significa Corno Punheteiro, pois tem tempo de ficar na surdina, esperando as derrotas pra depois poder dizer que tinha razão.

É muito fácil criticar após um revés. Dizer que o Thiago Neves está jogando mal, dizer que o Bruno é ruim. Fica fácil após uma derrota. Tão fácil como covarde. É fácil dizer que o Abel é burro agora. Assim como foi fácil beijar a bunda dele quando ele foi Campeão Carioca. É fácil dizer que o Fred é chinelinho. Assim como foi fácil lamber seu ovo esquerdo em 2009, 2010 e até mesmo esse ano, quando ele desandou a fazer gols.

Fato é que assim como os cornetas, eu não gostei das últimas duas exibições do melhor time do Brasil, quiçá da América do Sul. A diferença? Massa encefálica suficiente pra interpretar que sem Wagner o time perdeu ritmo, jogador este que foi por muito tempo perseguido pelos cornetas, diga-se de passagem.

Apresentol-lhes 5 motivos para não darem faniquito por causa de apenas um jogo:

  1. Líder isolado (segundo o Renato Maurício Prado, o Atlético-MG tem um jogo a menos);
  2. Time com mais vitórias;
  3. Time com menos derrotas;
  4. Melhor ataque;
  5. Melhor defesa;
  6. Artilheiro do campeonato.

Durante a semana, ganhamos da Portuguesa, em um jogo sofrível e perdemos para o Flamengo de Goiás por 2×1. O goleiro Márcio, do Flamengo-GO operou pelo menos 2 milagres durante o jogo. Resultado injusto num jogo onde o Fla-GO jogou apenas se defendendo com 10 atrás da linha da bola e achou dois gols. Mas como diria o Ratocy, a bola pune. Jogamos sem vibração, sem raça, achando que ganharíamos a qualquer momento. E a bola puniu. Quando acordamos foi tarde demais. Fica a lição para um time que quer ser tetra. Todo jogo é uma final. Prefiro acreditar que o apagão no início do jogo desconcentrou o time. E torcer para que a força máxima que deverá jogar contra o Náutico no sábado dê conta do recado. Deco, Wagner, Fred voltarão ao time. Mas o reforço principal é a ausência do Edinho.

Com relação ainda ao último jogo, o fato que mais me chamou a atenção foi a substituição do Carlinhos no intervalo por um lateral direito. O cara errou tudo que tentou no jogo. A impressão que eu tenho é que o Carlinhos acorda, se olha espelho e fala: “Hoje eu vou foder o juízo de todo mundo”. E sabemos que geralmente ele consegue.

Poderia ser pior

Após um longo e tenebroso inverno, a sessão que deixa os nossos corações mais leves está de volta.

Como a coluna hoje é em homenagem aos cornetas, o poderia ser pior também é em homenagem a eles. Nossos cornetas frequentam o estádio e fazem questão de se sentirem mais torcedores que os outros pelo simples fato de sentarem a bunda numa cadeira de plástico. Mas poderia ser pior: poderiam ser flamenguistas.

Fillipe Souza só se masturba para fins medicinais.

Panorama Tricolor/ FluNews

@PanoramaTri

Contato: Vitor Franklin

10 Comments

  1. Há que se desmistificar a tese de que torecedor não pode reclamar do que está REALMENTE ruim. De reclamar do que SABIDAMENTE está destoando do correto. Cornetagem seria se o Flu estivesse praticando um futebol do outro mundo e se enxovalhassem criticas. O que se critica: A falta de compromisso de Fred, forçando pela sexta vez um cartão amarelo e pela 2â vez, de bobeira, deixando o time ao Deus-dará. Não é esta a postura de um capitão, quando temos historico de , no passado, termos ate o exemplo do Castilho , que com uma contusão no dedo minimo, pra não desfalcar o time mandou corta-lo.

    Critica-lo por esta atitude,sim, seria um a cornetagem sem limita. Mas temos que para coma mania de içar Fred ao Panteão dos Deuses do futebol, por haver jogado as ultimas partidas de 2009. Chega de comemorar a não ida para a série B. Queremos comemorar titulos e nao a “nao queda”.
    Que Abel erra demais, nao tenha duvidas. E ele nem ninguem, em um futebol “presumidamente profissional”, pelos milhoes recebidos de salario por ano, nao tem o direito de errar por vaidade, burrice ou teimosia. Que Bruno nao passa do meio campo e nao vai a linha de fundo e nao sabe cruzar, não há nenhuma inverdade. Como não é nenhuma mentira os “apagoes” do Carlinhos, do Diguinho e do Digão. THiago Neves está jogando muito abaixo para um jogador que custou R$ 18 milhoes e ganha R$ 700 k por mes? Sim. Mas o dinheiro nao é do Flu, dirão. E dai? Isso nao dá a ele o direito de não jogar absolutamente nada.

    Resumo da ópera: Confundir critica lógica e mercida com a injustiça de uma cornetagem, vai uma diferença enorme. Não ha injustiça alguma a criticas á Bruno, Edinho, L.Euzebio,Carlinhos, Rafael Sobis,Fred, Thiago neves. So de uma epoca que meus idolos ate sangravam para nao desfalcarem a equipe.

    1. Prezado Carlos, todo respeito ao teu pensamento.

      No mais, o PANORAMA TRICOLOR/ FLUNEWS oferece a total liberdade de manifestação ao seu rol de cronistas. E de leitores também, exceto os pouquíssimos que insistem em desrespeitar a lei.

      Como se pode ver/ler navegando no site, os colunistas têm opiniões divergentes e também complementares. Ou mesmo coincidentes em alguns pontos.

      Não há um dono absoluto da verdade. Assim administramos a pluralidade dos pontos de vista aqui veiculados.

      ST

    2. Perfeito Carlos…Tem pessoas que não sabe o que é cornetar…e outros que concordam…como foi falado acima …..tudo que vc escreveu tem sentido….concordo plenamente…e vejo que vc possui alto nivel cultural…diferente de 2 tapados que só sabem abanar o rabo para tudo que acontece nas Laranjeiras…Forçar cartão amarelo é normal….perder para o lanterna é normal….recuar a equipe copm volantes é normal…antes sofriamos com Bob, Araujo e Souza e não podíamos reclamar…pois os babas ovos se tocavam….mentalidade medíocre…pessoas imaturas que brincam de torcer…se falar mal de algum jogador ou do treinador, ficam zangados, ficam de mal….essas coisas tinham que torcer pasra time pequeno e se contentar em não ganhar nada….eu quero ganhar TUDO

  2. Com todo o respeito, mas não há lógica em se criticar o líder do campeonato, com melhor ataque, melhor defesa e artilheiro do campeonato!

    1. Não se critica isso,amigo tricolor. Critica-se certas situações erradas. Por exemplo, jogando em casa, tirar o Welington Nem( melhor em campo) e colocar Diguinho.

      Ou insistir com Matheus Carvalho, improdutivo, que com sua presença, impede que um garoto bom da base suba. Ou insistir com Edinho, estando o Valencia em melhor fase.

      Convenhamos, ninguem é imune a critica, principalmente por sabermos que Abel faz algumas lambanças. Mas também faz coisascertas.

      A critica não é ao Fluminense líder,mas a alguns poucos e isso se chama democracia.A

    2. Não se critica isso,amigo tricolor. Critica-se certas situações erradas. Por exemplo, jogando em casa, tirar o Welington Nem( melhor em campo) e colocar Diguinho.

      Ou insistir com Matheus Carvalho, improdutivo, que com sua presença, impede que um garoto bom da base suba. Ou insistir com Edinho, estando o Valencia em melhor fase.

      Convenhamos, ninguem é imune a critica, principalmente por sabermos que Abel faz algumas lambanças. Mas também faz coisas certas. Mas ninguem tem imunidade eterna e algum dia , a bola de alguma forma , irá punir estes erros. Inclusive de postura, como contra o Dragão, qu eo time jogou com displicencia e foi derrotado.

      A critica não é ao Fluminense líder,mas a alguns poucos e isso se chama democracia.A

  3. PQP, nego vem ficar impondo regra em texto de humor… monte de malas! O tempo que esses caras enchem o saco como papagaios de pirata no site dos outros, deviam usar pra escrever no deles mesmos e ver se alguem se interessa pelas opiniões importantes de alto nivel.

Comments are closed.