Atlético-MG 1 x 1 Fluminense (por Felipe Fleury)

felipe fleury red 2016

Um empate com sabor amargo, ante as chances desperdiçadas contra um Atlético MG que errou demais, erros que foram pouco aproveitados pelo Fluminense.

Provavelmente o Tricolor tivesse saído do primeiro tempo com uma vitória parcial, não fosse o grave erro de Henrique no gol do Galo aos dois minutos de jogo. Aliás, Henrique erra reiteradamente, mas seus equívocos só chamam a atenção quando resultam em gols, como hoje.

O gol do Atlético logo no início da partida desnorteou o Fluminense. Mesmo atordoado, porém, conseguiu ser melhor do que o Galo. Scarpa perdeu duas boas chances e depois, mesmo sem goleiro, o Flu não conseguiu marcar o tento de empate.

Era visível, contudo, que aos poucos o gol tricolor amadurecia. O Atlético não ameaçava e o Flu passou a dominar o meio de campo. Após passe de Cícero, Scarpa, enfim, empatou a partida. A derrota parcial seria injustiça, mas o Flu merecia a vitória ante as chances perdidas, que não foram muitas, mas premiaria a única equipe que almejou com mais eficiência o gol adversário.

Na segunda etapa o Flu procurou manter o mesmo ritmo, pressionando a saída de bola, forçando o erro do Galo, mas o time mineiro melhorou. Não muito, mas pelo menos foi mais ofensivo e arriscou mais na frente. O jogo ficou mais equilibrado, mas com a saída de Richarlisson, a meu ver, o Atlético passou a ser melhor.

Embora não estivesse bem, Richarlisson dava muito trabalho à defesa mineira, tendo sido responsável pelos seus dois únicos cartões amarelos. Osvaldo pouco ou nada fez, senão perder um gol aos 35 e outro já nos acréscimos, após excelente chance também perdida pelo Magno Alves.

Apesar de não ter jogado bem, o Flu conseguiu ser melhor do que o Galo e merecia a vitória, mas esbarrou nos mesmos erros do jogo contra o Botafogo: desperdiçou vários contra-ataques por erros de passes e cansou no fim.

O Tricolor não soube aproveitar os erros defensivos do Atlético e aqueles que ele próprio provocou com uma marcação avançada, algo que Levir precisa tratar de corrigir.

A vitória contra o Galo hoje seria fundamental para as nossas pretensões no campeonato e não seria nenhuma excepcionalidade, pois o Fluminense foi superior a maior parte do tempo e perdeu as melhores chances de gol.

O resultado não foi ruim, mas a vitória ficou por um triz. E é esse triz que pode fazer a diferença no fim da competição, para o bem ou para o mal.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @FFleury

Imagem: f2

4 Comments

  1. Análise ótima com músculos do jogo ainda quentes.

    Mais crítico, entretanto, permito-me afirmações antipáticas.

    Henrique não pode ser titular.
    Magno precisa de mais tempo em campo.
    Richarlison por Osvaldo nunca!

    Jogamos contra os reserva, 9 ou 10 desfalques.

    Não sei se deixamos de ganhar ou se perdemos dois pontos.

    O único adversário VÁLIDO foi o Palmeiras, e perdemos com os problemas crônicos: defesa batendo cabeça, bolas paradas, concretização, más substituições e fora do…

    1. … tempo adequado.

      O Levir é turrão.

      Douglas só entrar após lesão de Pi-R equivale ao costume de substituir sistematicamente Richarlison.

      Insistência em conceitos e modelos teimosos…

      Fred se tem doado em campo de forma exemplar.
      Pena que não esteja a 100%.

      Aliás, o time parece mau fisicamente.
      Vejo fotos do ginásio e sempre um na máquina e dois ou três a volta.

      O Scarpa, herói, mal aguenta a pressão. Até quando?

      Melhoras já!
      Torcemos.
      Até garoto do Marketing cansa

  2. Fred? Oswaldo?Henquique?Giovanni?Pierri? Titulo?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Comments are closed.