Fla x Flu de almas penadas (por Paulo Rocha)

Conforme escrevi ontem no Facebook após o Fla-Flu, escapamos de levar um sacode que decidiria o Campeonato Carioca.

Engraçado, o Abel diz que o time agora tem alma. Mas não foi o que vi no Maracanã. Pelo contrário, vi um time de almas penadas arrastando correntes dentro de campo. Uma triste caricatura da equipe que aprendemos a admirar nesta temporada por sua determinação e personalidade.

O ponto alto deste triste martírio espectral foi a furada bisonha do Renato Chaves que resultou no gol do adversário. Na coluna que fiz antes do jogo, relatei o medo que tinha de nossa zaga fazer uma besteira a qualquer momento. Nem é preciso entender muito de futebol para antever esse tipo de coisa. Basta rever com atenção as atuações dos nossos zagueiros em diversos jogos deste ano.

Abel falou após a partida que o primeiro tempo foi horroroso, mas, no segundo, o Fluminense jogou. Jogou o que? Bolas altas na área? Não demos um chute a gol sequer. Zé Ricardo escalou dois pontas abertos, usou a força física de seus jogadores e conseguiu o objetivo. Aliás, nem conseguiu totalmente: eles queriam golear e não conseguiram por falta de sorte.

Ainda acredito no Fluminense. Não quero crer que o time irá jogar tão mal por duas vezes seguidas. Não é possível que Abel seja engolido mais uma vez. Temos que deixar a vida em campo no próximo domingo. Com alma, pois, sem ter alma não há como viver.

xxxxxxxxxx

Gostaria de parabenizar os rubro-negros pela vitória. Mas somente àqueles que não são babacas e souberam conversar em alto nível após a partida. A brincadeira faz parte, mas eu só aceito a de quem me conhece há muito tempo.

xxxxxxxxxx

Para falar a verdade, antevi coisa ruim antes do clássico. Muito se mostrou a decisão de 1995 e isso, certamente, serviu de arma para que os adversários ficassem motivados. A abordagem tem que se outra de nossa parte; não podemos embarcar na armadilha que a mídia, grande interessada na vitória deles, está sempre disposta a preparar.

Panorama Tricolor

@PanoramaTri 

Imagem: pan

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres