A caminhada continua (por Ise Cavalieri)

estrada 4

A cada rodada me pergunto como o Fluminense conseguiu perder para isso que o Vasco vem chamando de time. Me lembra a famosa frase dita pela maioria das mães: “Você não é todo mundo”. Todo mundo vence o Vasco, menos o Fluminense (que não é todo mundo). Vivemos insistindo nessa fama de Robbin Hood e deixando para trás pontos que certamente nos farão falta no fim do campeonato.

Como não adianta chorar o leite derramado (nem os pontos perdidos), seja na partida contra o Vasco ou contra o Chapecoense e a enxurrada de erros grotescos na marcação dos lances. O jeito é pensar no jogo de logo mais contra o Grêmio. Eis o foco.

No entanto, os erros de domingo continuam engasgados e parece que só a CBF não vê (ou não quer ver, o que é o mais certo) como anda vergonhosa a arbitragrem brasileira, que, de tantos erros, influencia diretamente nas tabelas dos campeonatos. A hora de uma reciclagem severa já passou.

Onze da manhã ainda é horário de jogo um pouco complicado para quem quer tentar aproveitar o único dia na semana em casa e resolve dormir até mais tarde. Achei que estivesse vendo as coisas distorcidas por culpa do sono, até rever a partida e ter a certeza de que o problema foi outro.

O auxiliar corre com sua bandeira em direção ao meio campo, como lance normal, e o árbitro para o meio campo, confirmado o gol. Então de onde veio a ordem para a anulação? Segue o “mistério”…

Fluminense versus Grêmio, jogo em casa, estreia de Ronaldinho Gaucho, anuncio do retorno de Cícero, briga na parte de cima da tabela. O que não falta é motivo para o torcedor comparecer, além do principal: apoiar o Tricolor.

O torcedor sempre será o jogador mais forte de um clube, já que o amor supera barreiras e é essa força que precisamos para buscar o título ou, pelo menos, ver o Flu mais uma vez disputando a Libertadores, na corrida pelo sonho adiado desde 2008.

Para os pessimistas, faz tempo que não vencemos o Grêmio. Para os otimistas como eu, vê-se nesse jogo a oportunidade de mudar isso. Vai quem quer, claro, mas é triste ver que a maioria das outras torcidas optam por ir, enquanto a nossa escolhe o contrário em determinadas ocasiões.

Mude essa visão. Vá ao jogo e apoie!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @isefinato

Imagem: google

LIVRO LUCIO E RODO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres