2018 tem que ser diferente (por Paulo-Roberto Andel)

Ainda resta uma última partida e seria bom que ela servisse para desfazer o papelão do sábado passado. Abel sintetizou melhor do que ninguém: “A torcida xingou pouco”. Justo. Aliás, com as vírgulas, o Fluminense ainda disputa uma vaga na Copa Sul-Americana. Resta saber se quem andou contra o Sport vai correr contra o Atlético em Goiânia.

Há cinco anos, nosso protagonismo escorreu pelo ralo. Desde 2012, fomos ameaçados pelo rebaixamento em três das cinco temporadas, com dirigentes, patrocinadores, jogadores e politik diferentes – ou iguais, dependendo do ângulo que se vê.

Não tenho dúvidas sobre o verdadeiro descalabro ocorrido nas contas do Flu, o que tornou o orçamento deste ano um conta-gotas. E não tenho a menor dúvida sobre a seriedade da cúpula atual das Laranjeiras para resolver as questões financeiras. Entretanto, repito pela k-ésima vez: o Fluminense precisa ser gerido de maneira empresarial nos números, mas ele não é uma empresa. Ali estão sonho, fantasia, delírio, vibração, mística e uma longa história.

Traduzindo: ninguém está disposto a aguentar mais uma temporada de pindaíba no campo.

Não confundir persistência com teimosia oca. Penamos este ano por conta da falta de peças de reposição e troca mesmo. Jogamos fora pelo menos uns dez pontos no campeonato brasileiro, vários deles por não saber segurar o marcador estando em vantagem e também pela tonelada de empates.

Que já comece o 2018 tricolor, muito diferente do que temos visto nos últimos anos. Pra ontem. Ou anteontem.

xxxxxxxxxx

Em relação ao exótico senhor que ontem utilizou meu nome para bostejar no Facebook, o resumo é simples: não vivo financeiramente de Fluminense, não fico pendurado no saco de pré-candidatos (sonhando com empreguinho sem formação em Álvaro Chaves) e meu currículo tricolor é público: está na Wikipedia do Flu. Vasto, por sinal.

CLIQUE AQUI – WIKIPEDIA DO FLUMINENSE

Nada pode ser pior do que a certeza absoluta da própria mediocridade, medida pela distância entre um escritor da primeira divisão e um panfleteiro politiqueiro da terceira…

Panorama Tricolor

@PanoramaTri

#JuntosPeloFlu

Imagem: rap

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 caracteres